Leia também:
X Cidade em Roraima investiga caso suspeito de poliomielite

Rio confirma primeiro caso de varíola dos macacos em prisão

Paciente é uma mulher, já foi isolada e está recebendo medicação

Gabriel Mansur - 02/09/2022 21h45

Vírus da varíola dos macacos Foto: CDC/Cynthia S. Goldsmith, Russell Regnery

Foi confirmado, nesta sexta-feira (2), o primeiro caso de varíola dos macacos em uma unidade prisional do Rio de Janeiro. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que o diagnóstico foi notificado em um presídio feminino. A paciente, que não teve a identidade revelada, está isolada das demais detentas e recebendo medicação.

Ainda segundo a Seap, outros seis casos suspeitos foram identificados durante monitoramento da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (Pnaisp).

Os funcionários da prisão foram orientados sobre as medidas cautelares a serem adotadas diante do primeiro diagnóstico positivo. A secretaria informou ainda que os protocolos de vigilância sanitária foram ativados.

A respeito da situação epidemiológica do vírus, o Ministério da Saúde informou que, até esta quinta-feira (1º), havia 5.197 casos confirmados e 5.320 casos suspeitos da doença no país.

Na segunda-feira (29), o estado do Rio de Janeiro confirmou a primeira morte pela varíola dos macacos. O paciente, um homem de 33 anos, estava internado no Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Leia também1 Primeira morte por varíola dos macacos é confirmada no Rio
2 Saúde recebe primeira remessa de antiviral contra monkeypox
3 Anvisa libera vacina e antiviral contra varíola dos macacos
4 Homem testa positivo para Covid, HIV e varíola dos macacos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.