Político contrário às vacinas é internado com catapora

Massimiliano Fedriga é deputado na Itália

Pleno.News - 20/03/2019 15h31

Massimiliano Fedriga contraiu catapora e ficou cinco dias internado Foto: Reprodução

Um político italiano que lidera o movimento antivacinas no país foi internado após contrair catapora. Massimiliano Fedriga faz parte da Liga do Norte, que representa a extrema direita na Itália.

Ele também é o principal porta-voz italiano que prega o fim da vacinação obrigatória. Fedriga chegou a classificar a vacinação como “stalinista”, no entanto, após adoecer, parece ter repensando suas convicções sobre o tema.

– Eu sempre disse que sou a favor das vacinas, mas, para obter resultados, você tem que entrar em acordo com as famílias, não se impor – disse o político ao jornal italiano La Repubblica, revelando ainda que seus filhos eram vacinados.

Fedriga já está em casa se recuperando, depois de passar cinco dias no hospital. Em suas redes sociais, ele disse que não apoiará mais o movimento antivacinas.

LEIA TAMBÉM+ Itália lança lei que afasta da escola crianças não vacinadas
+ Veja quem deve tomar a vacina contra a Meningite B
+ Rio de Janeiro confirma caso de meningite meningocócica


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo