OMS: Casos de sarampo no mundo triplicaram em 2019

Maior preocupação é com o continente africano

Pleno.News - 13/08/2019 11h00

Sarampo cresce em todo o mundo, mas diminui nas Américas Foto: Divulgação/Sociedade Mineira de Pediatria

Um relatório da Organização Mundial da Saúde liberado nesta terça-feira (13) fez uma constatação alarmante: os casos de sarampo no mundo triplicaram em 2019. Na África, a incidência subiu dez vezes.

Já o Brasil integra o aspecto positivo da pesquisa. A organização detectou uma queda de 15% dos casos reportados em todo o continente americano.

Foram reportados 364.808 casos de sarampo no mundo todo, três vezes a mais do que os 129.239 no mesmo período de 2018. Madagascar (127 mil casos), Ucrânia (54,3 mil) e República Democrática do Congo (7,5 mil) foram os três países mais afetados no período.

Grandes surtos desta doença ocorreram em países como Angola, Camarões, Chade, Cazaquistão, Nigéria, Filipinas, Sudão, Sudão do Sul e Tailândia.

A doença contagiosa, que pode ser prevenida com a inoculação de duas vacinas durante a infância, “está causando grandes perdas aos sistemas sanitários, incapacidades e mortes em diversas partes do mundo”, destacou o porta-voz da OMS, Christian Lindmeier.

Lindmeier advertiu também que os casos registrados pela OMS são só a ponta do iceberg da situação real, já que se estima que só um em cada 10 casos são reportados.

*Com informações da Agência EFE

LEIA TAMBÉM+ Sobrevivente do ebola voltará à África como missionário
+ Ebola é registrado em uma das maiores cidades do Congo
+ A cada ano, 20 milhões de crianças não são vacinadas


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo