Leia também:
X Blogueira brasileira faz foto com tubarões e acaba mordida

Itália impede desembarque de cruzeiro por coronavírus

Passageira apresentou sintomas suspeitos da doença e foi isolada

Camille Dornelles - 30/01/2020 10h38

Cerca de 6 mil passageiros de um cruzeiro da companhia Costa, procedente da Espanha, foram impedidos de desembarcar no porto italiano de Civitavecchia, em Roma, nesta quinta-feira (30). Uma passageira de Macau está com suspeitas de infecção por coronavírus.

Ela passa por exames para a confirmação da doença. Os passageiros do navio Costa Smeralda fizeram escalas nas cidades espanholas de Palma de Mallorca e Barcelona, em Marselha, na França, e estão neste porto perto de Roma desde a manhã.

O protocolo foi ativado após a mulher ter sentido febre e problemas respiratórios. Ela e o marido foram isolados no hospital do navio. Uma equipe do hospital Spallanzani, em Roma, foi transferida para o navio, examinou a mulher e retornou ao centro de saúde para analisar os resultados o mais rápido possível.

O casal, segundo a imprensa italiana, embarcou no navio no porto de Savona, em Gênova, no noroeste da Itália, após chegar ao aeroporto de Malpensa, em Milão, no dia 25 de janeiro.

Um dos passageiros, Filippo Rossi, disse à agência de notícias Efe que a situação dentro do navio é de “normalidade total”, com os turistas esperando pacientemente. O tempo inicialmente estimado de espera era de meia hora, mas acabou sendo prolongado.

O coronavírus, inicialmente detectado na cidade de Wuhan, já causou 170 mortes na China e mais de 7 mil contágios.

*Com informações EFE

Leia também1 Mortes por novo coronavírus na China aumentam para 170
2 SC e PR descartam suspeitas de casos de coronavírus
3 Garrafas são usadas como proteção contra o coronavírus

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.