Governo libera R$ 250 milhões para zerar fila por cirurgias

Ministério da Saúde quer acabar com espera por procedimentos eletivos

Camille Dornelles - 07/01/2020 11h45

Governo quer acabar com espera por cirurgias eletivas no SUS Foto: Pixabay

O Ministério da Saúde divulgou, nesta segunda-feira (6), que entregará R$ 250 milhões aos municípios para que as prefeituras possam aumentar o número de cirurgias eletivas realizadas. O objetivo da pasta é zerar a fila no Brasil.

Os maiores repasses foram para São Paulo (R$ 54,6 mil), Minas Gerais (R$ 25,1 mil), Rio de Janeiro (R$ 20,5 mil) e Bahia (R$ 17,7 mil).

O recurso é destinado apenas aos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e que estão à espera de um dos 53 procedimentos que se caracterizam como eletivos. É o caso das cirurgias de catarata, varizes, hérnia, vasectomia, laqueadura, astroplastia de quadril e de joelho.

A maior fila é para as cirurgias de catarata, correção de retina, hérnias e retirada de vesícula biliar. De acordo com dados do ministério foram realizadas cerca de 2,5 milhões de cirurgias em 2018 e outras 2 milhões em 2019.

LEIA TAMBÉM+ Abortos caem em Portugal, mas crescem entre brasileiras
+ Fake! Notícia falsa acusa doce turco de causar paralisia
+ RJ: Ministério da Saúde libera 125 leitos durante o réveillon


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo