Leia também:
X CDC: Máscaras duplas reduzem até 96% das partículas

Vacina da Pfizer tem registro definitivo aprovado pela Anvisa

Imunizante foi um dos quatro a serem testados no Brasil, mas não foi adquirido pelo governo

Paulo Moura - 23/02/2021 09h56 | atualizado em 23/02/2021 10h38

Vidros de vacina contra a Covid-19 da Pfizer
Vacina da Pfizer Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu, nesta terça-feira (23), o registro definitivo da vacina da Pfizer contra a Covid-19. A certificação é a primeira concedida em caráter permanente a um imunizante no país. Além disso, com o registro, a vacina tem o uso amplo aprovado nas Américas.

A vacina da Pfizer foi uma das quatro testadas no Brasil. No início do ano, a farmacêutica disse ter oferecido 70 milhões de doses da vacina ao governo brasileiro para entrega ainda em dezembro, mas a oferta foi recusada. O Ministério da Saúde afirmou que a empresa estabeleceu cláusulas “abusivas” de contrato e “barreiras” de negociação e compra.

Segundo o ministério, a Pfizer pediu que o Brasil renunciasse à soberania de ativos no exterior como garantia de pagamento pelas doses da vacina e exigiu isenção de responsabilidade, em caso de efeitos colaterais da vacina, e de não punição, em caso de atraso na entrega das doses.

As duas vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil são a de Oxford e a CoronaVac, mas ambas têm autorização de uso emergencial, e não o registro definitivo. Em nota, a Anvisa afirmou que o imunizante da Pfizer teve critérios como segurança e qualidade atestadas.

– O imunizante do Laboratório Pfizer/Biontech teve sua segurança, qualidade e eficácia aferidas e atestadas pela equipe técnica de servidores da Anvisa, que prossegue no seu trabalho de proteger a saúde do cidadão brasileiro – declarou a agência em comunicado.

Leia também1 Pacheco se reunirá com Pazuello para discutir compra de vacinas
2 Com vacinação avançada, Israel começa a reabrir a economia
3 Brasil já vacinou 5,85 milhões de pessoas contra a Covid-19
4 Israel: Mortes por Covid entre vacinados teve queda de 98,9%
5 Covid: Uruguai será último país da América do Sul a vacinar

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.