Leia também:
X MP junto ao TCU quer suspender compra da Covaxin pelo governo

Vacina da Pfizer reduz infecções assintomáticas na 1ª dose

Estudo foi divulgado nesta sexta-feira pela Universidade de Cambridge

Pleno.News - 26/02/2021 19h50 | atualizado em 26/02/2021 19h54

Vacina da Pfizer reduz em 75% infecções assintomáticas na 1ª dose Foto: Reprodução

Uma única dose de uma vacina desenvolvida pela parceria entre aa Pfizer e BioNTech pode reduzir em 75% o número de infecções assintomáticas pelo coronavírus, segundo um estudo divulgado nesta sexta-feira (26) pela Universidade de Cambridge.

Os dados vieram da análise dos resultados de milhares de testes PCR realizados no hospital de Addenbrooke, em Cambridge na, Inglaterra, entre 18 e 31 de janeiro.

Ao considerar os testes daqueles que haviam sido vacinados em comparação com aqueles que ainda não tinham sido imunizados, os pesquisadores descobriram que o risco de encontrar um caso assintomático foi reduzido em 75% a partir do 12º dia após a administração da primeira dose.

– Esta é uma grande notícia. A vacina da Pfizer não só impede o desenvolvimento da doença a partir do SARS-CoV-2, mas também ajuda a prevenir infecções, reduzindo o potencial de transmissão do vírus – declarou Mike Weekes, especialista em doenças infecciosas da Universidade de Cambridge.

O governo britânico sugeriu nesta semana que dados obtidos do programa de vacinação do Reino Unido até agora sugerem que a decisão de adiar a segunda dose tanto da vacina da Pfizer quanto da AstraZeneca por três meses pode ser efetiva. As autoridades tomaram a medida para tentar maximizar o grau de imunidade o mais rápido possível.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 "Ambiente tóxico", diz Harry sobre sua saída do Reino Unido
2 Reino Unido rebaixa nível de alerta por pandemia da Covid-19
3 Covid: Mortes diárias no mundo têm menor número em 4 meses
4 Médicos pedem análise de óbitos após vacinação no Reino Unido
5 Estádios do Reino Unido poderão receber até 10 mil pessoas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.