Leia também:
X Mortes caem na Espanha e país anuncia volta do futebol

Secretário de Vigilância em Saúde anuncia saída do cargo

Wanderson de Oliveira afirmou que continuará contribuindo com ações de combate à pandemia

Paulo Moura - 24/05/2020 10h53

Wanderson Oliveira pediu demissão Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

O secretário Nacional de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, anunciou que vai deixar o cargo na pasta federal nesta segunda-feira (25). Este é o segundo anúncio de demissão feito por Wanderson, que chegou a pedir para sair do cargo no dia 15 de abril, mas foi impedido pelo então ministro Luiz Henrique Mandetta.

Wanderson foi uma das autoridades do ministério com maior participação nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus. Ele também era figura presente em grande parte das coletivas na gestão de Mandetta e participou algumas vezes das entrevistas durante o período em que Nelson Teich esteve à frente da pasta de Saúde.

Após a saída de Teich, Oliveira afirmou que fez um acordo com o ministro interino Eduardo Pazuello para deixar o Ministério da Saúde. Ele, que é servidor do Hospital das Forças Armadas em Brasília, agora se reapresentará na instituição, mas disse que continuará contribuindo com o general no combate à pandemia.

– Apesar de sair da função de Secretário de Vigilância em Saúde, continuarei ajudando ao Ministro Pazuello nas ações de resposta à pandemia. Somos da mesma instituição, Ministério da Defesa e conosco é missão dada, missão cumprida – afirmou.

O Ministério da Saúde confirmou a saída de Wanderson de Oliveira e informou que o nome do substituto será confirmado nas próximas edições do Diário Oficial da União.

Leia também1 Bolsonaro defende cloroquina: "Quem não quer, não toma"
2 Nelson Teich recusa convite para ser conselheiro na Saúde
3 Malafaia comenta reunião ministerial e detona a Globo
4 JN conta número de palavrões ditos por Bolsonaro no vídeo
5 Hospitais do Rio receberam máscaras sem filtro, diz MPT

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.