Leia também:
X Brasil manterá cloroquina mesmo após decisão da OMS

Reino Unido diz que reabrirá comércio na próxima segunda

Boris Johnson falou sobre o planejamento de reabertura dos setores da economia britânica

Pleno.News - 26/05/2020 07h38

Reino Unido pretende iniciar reabertura do comércio na próxima semana Foto: EFE/EPA/Facundo Arrizabalaga

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou na segunda-feira (25) que os mercados ao ar livre serão reabertos a partir de 1º de junho e que o restante das lojas consideradas não essenciais voltarão a funcionar a partir de 15 de junho, como parte das medidas de saída gradual da quarentena.

Em entrevista coletiva em Downing Street, Johnson declarou que, além das feiras de rua, os centros de exposição de veículos também poderão reabrir na mesma data. Entretanto, a permissão só será válida se esses locais cumprirem as diretrizes de segurança para proteger clientes e trabalhadores contra o vírus SARS-CoV-2.

O premiê disse que a natureza aberta desses lugares faz com que representem um risco de contágio menor do que os espaços fechados.

– Sabemos que a transmissão do vírus é menor ao ar livre e que é mais fácil seguir as diretrizes de segurança para evitar a Covid-19 em espaços abertos – comentou.

As demais lojas de varejo poderão retomar suas atividades a partir de meados do próximo mês, se esses ambientes forem considerados seguros.

Johnson enalteceu o progresso do país na contenção do coronavírus e afirmou que o progresso está sendo feito na direção certa, com o número de mortes pela doença chegando a 36.914, sendo 121 delas nas últimas 24 horas.

– Quero que os cidadãos tenham confiança de que podem comprar com segurança, desde que as regras de distanciamento social sejam seguidas em todas as lojas – destacou.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 "Lockdown pode ter custado vidas", diz Nobel de Química
2 Oxford convoca 10 mil pessoas para testar vacina anticovid
3 Farmacêutica diz que pode ter vacina da Covid em setembro
4 Brasil tem 1.001 mortes e se torna 2º país com mais casos
5 Trump investe R$ 6,7 bilhões por 300 milhões de doses de vacina

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.