Leia também:
X Fiocruz identifica cão e gato com anticorpos contra coronavírus

Queiroga diz que toda população estará vacinada até o fim do ano

Ministro da Saúde considera que imunização avança bem e em ritmo constante

Pleno.News - 30/04/2021 11h40 | atualizado em 30/04/2021 13h11

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou a imprensa Foto: MS/Ailton de Freitas

O governo federal garantiu nesta sexta-feira (30) que toda a população brasileira estará totalmente imunizada contra a Covid-19 até o final do ano, como resultado de uma campanha, que ele garantiu, avança bem e a um ritmo constante.

– Nossa palavra em relação à imunização é esperança. Já temos doses suficientes para os próximos meses e é possível garantir que, até o final de 2021, teremos toda a população totalmente vacinada – disse o ministro da Saúde.

Marcelo Queiroga afirmou que, até ao início desta semana, foram inoculadas 16 milhões de doses e lembrou que este número é superior ao da população total de muitos países.

Em entrevista coletiva virtual organizada em Genebra pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Queiroga disse ser iminente que o governo fechará um novo contrato com as farmacêuticas Pfizer/BioNTech para receber mais 100 milhões de doses da vacina.

O Brasil, que ontem ultrapassou a marca de 400 mil mortes por Covid-19, é o segundo país com mais vítimas da doença, depois dos Estados Unidos, e o terceiro com mais casos, mais de 14,5 milhões, também atrás dos EUA e da Índia, agora o principal foco global da pandemia.

Além da vacinação, o ministro disse que o Brasil continua monitorando as variantes do vírus que existem ou que podem surgir.

– Estamos investigando se as variantes são suscetíveis às vacinas – afirmou.

Queiroga também lamentou pelas informações recebidas pela população, as quais fazem com que muitos acabem questionando a eficácia ou a segurança de certas vacinas e sintam-se desestimulados de ir receber a sua dose.

O ministro da Saúde argumentou que tais atitudes não fazem sentido e, referindo-se à vacina fabricada pela AstraZeneca, garantiu tratar-se de um medicamento comprovadamente eficaz e seguro.

*EFE

Leia também1 Fiocruz identifica cão e gato com anticorpos contra coronavírus
2 Avião com 1 milhão de doses da vacina da Pfizer chega ao Brasil
3 Pais conhecem filha que nasceu quando eles estavam internados
4 Anvisa apresenta documentos sobre falha técnica na Sputnik V
5 Brasil paga R$ 10,3 mi em seguro para vacinas de Pfizer e Janssen

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.