CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Pandemia une palestinos e israelenses contra a Covid-19

Osmar Terra volta a condenar continuação da quarentena

Ex-ministro defendeu a implantação do isolamento vertical

Paulo Moura - 27/03/2020 08h30 | atualizado em 27/03/2020 08h40

Osmar Terra Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

O ex-ministro da Cidadania e médico, Osmar Terra, voltou a defender que o Brasil passe a realizar o isolamento vertical e que encerre a quarentena que vem sendo feita nos diversos estados da federação. Segundo ele, a medida utilizada atualmente não resolve a proliferação do novo coronavírus pelo país.

– Na Itália, que criou uma quarentena rigorosa depois que chegou mais de 1.500 casos em único dia, o número de casos triplicou 12 dias depois. As pessoas se contaminavam dentro de casa. Um menino que tinha o vírus ficou fechado com a vó, o vô, as famílias italianas vivem agregadas, e isso aumentou o contágio. Explodiu. Não resolve – disse.

A declaração foi dada em entrevista à rádio Jovem Pan, na quinta-feira (26). Na ocasião, Terra disse ainda que os casos devem continuar de acordo com a lógica da proliferação de pandemias, que dura cerca de 12 semanas, e que o isolamento causaria danos piores para a economia do país do que a continuidade do isolamento forçado.

– Fechar comércio, quebrar o país, por quanto tempo? Eu digo quanto tempo dura uma epidemia: 12 semanas. Com quarentena ou sem quarentena. Eu quero ver alguém que defende a quarentena fixar data. Não resolve nada – ressaltou.

O ex-ministro também explicou como funcionaria a quarentena vertical, que inclui apenas os grupos de risco da doença, e ressaltou que todos devem ficar responsáveis pelos cuidados com os idosos.

– [O idoso] deve ficar em um espaço da casa apropriado. As pessoas que se relacionarem com eles tem que lavar as mãos o tempo todo, não falar perto. Todo mundo que entrar na casa tem que deixar o sapato de fora. Passar água e sabão nos lugares que mais tocamos, como maçanetas, assim como pessoas com doenças crônicas, baixa imunidade ou transplantados – completou.

Leia também1 "Isolar toda a população é ineficaz", diz Osmar Terra
2 Pandemia une palestinos e israelenses contra a Covid-19
3 Segurança de Bolsonaro tem melhora e mãe desabafa

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo