Leia também:
X Eliana é diagnosticada com Covid-19: “Fiquei sem chão”

OMS pede R$ 172 bilhões para vacinas contra a Covid-19

Órgão estima que antídoto deve levar ainda 1 ano para ficar pronto

Pleno.News - 26/06/2020 15h15 | atualizado em 26/06/2020 15h34

Possibilidade de vacina contra Covid é real Foto: Reprodução

A iniciativa ACT Accelerator, criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para agilizar o desenvolvimento de vacinas, diagnósticos e tratamentos para a Covid-19, requer um financiamento de US$ 31,3 bilhões (cerca de R$ 172 bilhões), anunciaram nesta sexta-feira (26) os responsáveis pelo programa.

Até o momento, o projeto recebeu R$ 13,7 bilhões, então ainda necessita R$ 153,45 bilhões. Desse montante, R$ 75,5 bi são de maneira emergencial, explicaram os representantes em conferência presidida pelo diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom.

– Necessitamos a colaboração ativa de governos, indústria, sociedade civil e comunidades. Para que as ferramentas de combate à Covid-19 sejam realmente efetivas é necessário um ingrediente essencial: a solidariedade – disse o dirigente.

Entre os principais objetivos do programa estão o envio de 500 milhões de testes e 245 milhões de tratamentos a países em desenvolvimento até meados de 2021.

Também está prevista a produção de 2 bilhões de doses de imunização contra a Covid-19, a metade destinada a países de média e baixa renda, até o final de 2021. Esta meta está condicionada ao sucesso de algum dos mais de 200 laboratórios que buscam uma vacina.

A distribuição de vacinas requer um investimento de quase R$ 100 bilhões, mais da metade do total, segundo informou a chefe de pesquisa científica da OMS, Soumya Swaminathan.

*Com informações da agência EFE

Leia também1 Covid: Brasil assume 1º lugar em número de recuperados
2 OMS não indica uso de máscara durante exercícios
3 RD Congo declara fim do surto de ebola no noroeste do país
4 OMS incentiva aumento da produção de dexametasona
5 É possível uma segunda onda do novo coronavírus?

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.