Leia também:
X Covid: Variante do Reino Unido provavelmente é mais letal

OMS aprova uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Permissão será concedida também a outras vacinas já desenvolvidas

Pleno.News - 15/02/2021 15h15 | atualizado em 15/02/2021 15h35

OMS dá aval emergencial para vacina de Oxford Foto: EFE/EPA/Neil Hall

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou nesta segunda-feira (15) o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, poucos dias após assessores da entidade concluírem que o imunizante é recomendável para idosos e eficaz contra variantes do coronavírus Sars-CoV-2 (causador da doença), como a cepa brasileira, a britânica e a sul-africana.

A OMS pontuou que a aprovação será dada a duas versões da vacina fabricadas em colaboração com dois parceiros da AstraZeneca: o Serum Institute, da Índia, e a sul-coreana SKBio.

Esta é a segunda vacina a obter esta aprovação por parte da OMS, após a desenvolvida por Pfizer e BioNTech. Para a entidade internacional, trata-se de um marco importante, já que planeja distribuir em questão de semanas mais de 300 milhões de doses da vacina da AstraZeneca a vários países pelo mecanismo Covax.

Essas autorizações de uso emergencial da OMS são emitidas principalmente como guia para países sem órgãos reguladores capazes de emitir tais decisões.

A OMS também está em vias de conceder a mesma autorização a outras vacinas, como as desenvolvidas pela Moderna, pela Sinopharm e pela Sinovac.

Os especialistas da OMS se mostraram, repetidas vezes, a favor das vacinas da AstraZeneca no Covax, devido ao menor preço e à maior facilidade de armazenamento e transporte.

*Com informações da agência EFE

Leia também1 Bolsonaro anuncia cooperação de Israel para ‘spray nasal’
2 Covid: Variante do Reino Unido provavelmente é mais letal
3 RJ suspenderá vacinação nesta quarta-feira por falta de doses
4 Com vacina, Israel reduz casos de Covid e tenta retomar rotina
5 Japão aprova vacina da Pfizer a cinco meses das Olimpíadas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.