CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Anvisa autoriza testes de vacina chinesa contra Covid

Mortes por Covid no Brasil se estabilizaram no último mês

Óbitos pela doença não apresentaram aumento expressivo

Paulo Moura - 05/07/2020 09h34 | atualizado em 05/07/2020 11h57

Homens pardos com mais de 60 anos e comorbidades são as principais vítimas da Covid-19 no Brasil Foto: EFE/Sebastião Moreira

Apesar de ainda apresentarem um patamar relativamente alto de mortes, os dados de óbitos da Covid-19 no Brasil parecem iniciar um cenário de melhora e já mostram uma estabilização nas últimas cinco semanas. As informações são de um levantamento do jornal Metrópoles.

Segundo os números levantados pelo veículo, a quantidade de mortes ficou entre 6,7 mil e 7,2 mil em cada semana do último mês de junho. O resultado pode apontar, por exemplo, a chegada do chamado platô, como aconteceu em outros países onde primeiro estabilizou-se o número de mortes e, depois, observou-se a redução de vítimas fatais.

Já nos casos confirmados, a situação é diferente e a tendência de alta ainda esteve presente ao longo do mês passado. Com uma média de incremento de 35 mil casos a mais entre uma semana e outra, este sábado (4) fechou com 284 mil novos infectados.

Apesar das confirmações crescerem, o numero de curados também tem avançado com muita rapidez e o Brasil mantém a liderança entre os países com mais recuperados da doença.

Segundo o Ministério da Saúde, até este sábado, o número já alcançava a marca de 876,3 mil pessoas salvas, o que representa um percentual de 55,5% dos casos totais da doença, que somam 1,5 milhão.

Leia também1 Anvisa autoriza testes de vacina chinesa contra Covid
2 Trump diz que EUA irão se recuperar de "praga da China"
3 99% dos contratos da Saúde na pandemia no RJ são suspeitos
4 Damares fará isolamento após encontrar político com Covid
5 Vice-governador do DF volta a se internar por causa da Covid

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo