Leia também:
X Tite deixa de convocar Lodi após ele não ter se vacinado

Moderna testa vacina contra a Covid para crianças de 2 a 5 anos

Farmacêutica também avalia dose de reforço para adolescentes de 12 a 17 anos

Pleno.News - 13/01/2022 13h15 | atualizado em 13/01/2022 13h25

Criança se vacinando vacina
Resultado dos testes deverão ser obtidos em março Foto: EFE/Juan Diego Montenegro

A Moderna, farmacêutica norte-americana que desenvolveu uma das vacinas contra a Covid-19 atualmente em uso nos EUA e em outros países, disse esperar ter dados sobre os testes de seu imunizante em crianças de 2 a 5 anos em março. Se os dados forem promissores, a Moderna poderá entrar com pedido de autorização para aplicar a vacina em crianças menores.

De acordo com o Dow Jones Newswires, a Moderna disse ainda que está avaliando uma dose de reforço em adolescentes de 12 a 17 anos. No começo de dezembro, a empresa decidiu avaliar o potencial de doses menores para atender parâmetros regulatórios de imunogenicidade em crianças de 6 a 11 anos e em adolescentes de 12 a 17 anos, em seguidos testes clínicos.

O Brasil recebeu nesta quinta-feira (13) as primeiras doses da vacina pediátrica da Pfizer contra a Covid-19. O imunizante foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para crianças de 5 a 11 anos. No entanto o governo ainda não divulgou em que dia a vacinação infantil irá começar.

*Com informações da AE

Leia também1 'Bolsonaro argentino' sorteia salário entre mais de 1 milhão de inscritos
2 Tite deixa de convocar Lodi após ele não ter se vacinado
3 Queiroga: "Presidente Bolsonaro é grande apoiador da vacinação"
4 Paes: Passaporte de vacinação não será cobrado nas escolas
5 Escolas privadas não devem exigir vacinação, diz associação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.