Leia também:
X Governo federal doa imóvel para Fiocruz ampliar combate à Covid

Medicamento da AstraZeneca pode reduzir mortes por Covid

Estudo indicou que o risco pode diminuir em 50%

Pierre Borges - 11/10/2021 12h47 | atualizado em 11/10/2021 13h02

AstraZeneca informou que irá discutir dados do estudo com as autoridades de saúde Foto: EFE/Jim Lo Scalzo

Nesta segunda-feira (11), a AstraZeneca informou que um medicamento experimental contra a Covid-19 foi capaz de reduzir em 50% o risco de morte e de desenvolvimento de quadros graves da doença em pacientes sintomáticos não hospitalizados.

O coquetel chamado de AZD7442 é constituído por uma combinação de anticorpos e está sob estudo clínico em estágio avançado. Caso aprovado, o medicamento deverá ser aplicado de forma injetável.

– Uma intervenção precoce com nosso anticorpo pode dar uma redução significativa na progressão para doença grave, com proteção contínua por mais de seis meses – disse Mene Pangalos, vice-presidente executivo de P&D de biofarmacêuticos da AstraZeneca.

Durante o estudo, foram feitos testes em 900 pessoas. De acordo com os dados, que ainda não foram publicados em revista científica, os riscos foram reduzidos pela metade entre os pacientes que apresentaram sintomas da Covid-19 por sete dias ou menos.

A AstraZeneca disse que irá discutir os dados com as autoridades de saúde.

Leia também1 Maioria da CCJ cobra Alcolumbre sobre sabatina de Mendonça
2 Irmã de Neymar responde a suposto xingamento de Galvão
3 50 anos depois, Paul McCartney revela causa do fim dos Beatles
4 Queiroga diz estar 'tranquilo' e "à disposição" da CPI da Covid
5 Xuxa pede que "deixem de segui-la" quem é a favor de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.