Leia também:
X “Praticamente inexiste risco de arritmia com cloroquina”

Média de mortes por Covid no RJ cai 21% em duas semanas

Valor é resultado da chamada média móvel, que considera o número de mortes dentro de um intervalo de sete dias

Paulo Moura - 10/07/2020 15h16

Média de mortes por coronavírus apresentou redução Foto: Prefeitura do Rio/Marcos de Paula

A média móvel das mortes por Covid-19 no estado do Rio de Janeiro apresentou resultado positivo no intervalo das últimas duas semanas. A análise dos dados dos últimos 14 dias apontam para uma queda de 21% nos óbitos registrado por dia.

O valor, que é obtido através da soma dos óbitos ocorridos em um intervalo de sete dias dividido por sete, é tido como um dado mais confiável por reduzir a variação registrada por fatores externos, como a demora em análise de testes, por exemplo.

Segundo os dados encontrados com a análise dos números, no dia 26 de junho, a média móvel no estado fluminense foi de 142 mortes, já nesta quinta (9), o resultado obtido foi de 111,8, o que totaliza um valor 21,1% menor que o registrado há duas semanas.

Além do Rio de Janeiro, outros estados que apresentaram números altos de mortes no início da pandemia também começam a curva da média móvel reduzir nas últimas semanas e meses. No Amazonas, por exemplo, a média chegou a 66 mortes por dia no mês de maio e atualmente está em 18, uma queda de 72%.

O Ceará, outra unidade da federação bastante afetada pela pandemia, alcançou a marca de 154 mortes diárias em junho, enquanto que na atualização mais recente do quadro esse resultado baixou para 67, valor 56% menor que o topo da curva de mortes.

Leia também1 Bolsonaro nega que tenha pedido demissão de Gentili
2 "Praticamente inexiste risco de arritmia com cloroquina"
3 Bolsonaro libera pausa de parcelas do Fies na pandemia
4 Ex-secretário de Saúde da gestão Witzel é preso no RJ
5 Bolsonaro sobre a cloroquina: "Tomei e deu certo. Estou bem"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.