Leia também:
X PE: Justiça apura compra de respirador testado em porco

Ivermectina e cloroquina têm alta nas vendas na pandemia

Comercialização dos fármacos disparou por conta da prescrição contra a Covid-19

Paulo Moura - 03/08/2020 12h07

Estudo sobre cloroquina não diz que medicamento é ineficaz Foto: Reprodução

Segundo um levantamento feito pelo Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindsusfarma), as vendas de cloroquina e ivermectina, durante o período da pandemia de Covid-19, dispararam em relação ao último ano. Os números apurados são relativos ao estado de São Paulo.

No primeiro semestre deste ano, mais de 1,1 milhão de caixas de cloroquina foram vendidas pela indústria farmacêutica para farmácias e drogarias em São Paulo. O total é cerca de 37% maior que as 800 mil unidades comercializadas no ano passado.

Já no caso da ivermectina, foram 16 milhões de caixas vendidas no primeiro semestre. Um aumento de 300% se comparado com as 4 milhões de caixas que foram vendidas no mesmo período do ano de 2019.

Os dois medicamentos receberam forte defesa do presidente Jair Bolsonaro como meios de combater o coronavírus. Porém, com o aumento nas vendas, a Anvisa decidiu, no mês passado, exigir receita médica para liberar a venda da ivermectina. A cloroquina recebeu a mesma obrigatoriedade ainda no mês de março.

Leia também1 Yamaguchi fala de pesquisas contra cloroquina: 'Escândalo'
2 Bolsonaro vai à farmácia e comenta preço da cloroquina
3 Multidão recebe Bolsonaro na chegada ao Rio Grande do Sul
4 Bolsonaro: "Chegarão 100 milhões de vacinas de Oxford"
5 Defensora da cloroquina é pastora e contra união de gays

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.