Leia também:
X Oxford: Fiocruz termina análise e libera distribuição de vacinas

Fiocruz aplica primeiras doses da vacina produzida por Oxford

Imunizantes chegaram ao Brasil no fim da tarde de sexta-feira e passaram por análise

Paulo Moura - 23/01/2021 18h15 | atualizado em 23/01/2021 18h16

Vacinas de Oxford começam a ser aplicadas no Brasil Foto: Reprodução/GloboNews

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começou, na tarde deste sábado (23), as primeiras imunizações com a vacina produzida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca contra a Covid-19. Os primeiros vacinados foram os infectologistas Estevão Portela e Margareth Dalcomo.

A cerimônia ocorreu de forma simbólica na sede da Fiocruz, no Rio de Janeiro, horas depois do desembarque de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca no Rio.

O carregamento foi produzido no Instituto Serum, na Índia, e passou por um procedimento de análise de segurança na Fiocruz antes de ser liberado ao Ministério da Saúde, que vai distribuí-lo aos estados.

A previsão é de que todos os estados recebam as doses no domingo (24). Logo após a cerimônia, Dalcomo disse que o país poderá celebrar quando a cobertura vacinal for relevante.

– Pensei que vai chegar um dia que realmente poderemos comemorar. Hoje é um dia simbólico. Nós vamos comemorar de verdade quando tivermos 70% da população vacinada – afirmou.

Leia também1 Após furar fila da vacina, chefe militar da Espanha se demite
2 Oxford: Fiocruz termina análise e libera distribuição de vacinas
3 RJ avalia usar lote de Oxford e aguardar produção para 2ª dose
4 Vacinação: Pazuello defende que o Brasil “deve ser um só”
5 Fiocruz faz análise de segurança em doses da vacina de Oxford

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.