Leia também:
X Covid-19: China aprova testes de vacinas experimentais

Exército já fez 2,2 milhões de comprimidos de cloroquina

Pedido foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro e produção deve aumentar nos próximos dias

Paulo Moura - 14/04/2020 10h37 | atualizado em 14/04/2020 10h38

Exército está fabricando comprimidos de cloroquina Foto: Pixabay

Após determinação feita pelo presidente Jair Bolsonaro e o início dos trabalhos, o laboratório do Exército já produziu cerca de 2,2 milhões de comprimidos de cloroquina para uso no tratamento de coronavírus no Brasil.

A produção, que deve ser expandida nos próximos dias para até 1 milhão de comprimidos por semana, tem custo unitário de R$ 0,20. Segundo o Ministério da Defesa, a destinação dos medicamentos será feito pela própria pasta.

A fabricação da cloroquina recebeu um reforço nos últimos dias com a chegada de 530 quilos de insumos, vindos da Índia, para a produção do fármaco. O carregamento é suficiente para produzir medicamentos para 60 mil pacientes.

A importação só foi possível por causa de um acordo elaborado entre o próprio Jair Bolsonaro e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

Leia também1 Flávio Mendonça relata cura da Covid-19 com cloroquina
2 Caio Coppolla explica a forte oposição ao uso da cloroquina
3 Idosa de 97 anos é curada da Covid-19 com cloroquina

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.