Leia também:
X Congresso diminui prazo para aprovar MPs durante Covid-19

Espanha chega aos 100 mil casos do novo coronavírus

Novas ocorrências, porém, apresentaram os números mais baixos dos últimos dias

Pleno.News - 01/04/2020 08h58 | atualizado em 01/04/2020 08h59

Casos de coronavírus na Espanha chegaram a 100 mil Foto: Arquivo/EFE/Alex Plavevski, Salvatore di Nolfi, Antonio Lacerda, , Luis Torres

A Espanha registrou 864 mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas e atingiu um total de 9.053 óbitos, enquanto o número de infecções passou de 100 mil nesta quarta-feira (1°) e alcançou a marca de 102.136 casos.

Entretanto, os novos casos aumentaram 7.719 nas últimas 24 horas, cerca de 8,2%, segundo dados divulgados nesta quarta pelo Ministério da Saúde, o número é o mais baixo dos últimos dias.

Esse aumento mostra que “ainda estamos em uma fase de estabilização da pandemia”, disse em entrevista coletiva, María José Sierra, do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências em Saúde.

María Sierra também destacou que o aumento de casos hospitalizados “é ainda menor”, reforçando essa tendência de estabilização.

Além disso, os pacientes em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) são 5.872, 4,7% a mais do que ontem, e enquanto em algumas regiões esses serviços ainda estão perto do colapso – como na Catalunha – em outras, o nível de saturação teve uma leve melhora.

O lado positivo é um total de 22.647 pacientes foram curados da doença, mais de um quinto do número total de casos.

Como nos dias anteriores, Madri continua liderando as regiões afetadas pelo vírus, com 3.865 mortes e 29.840 casos registrados, um aumento de 8,4%, em comparação com o aumento de 14,19% registrado ontem, seguido pela Catalunha, com 1.849 mortes e 19.991 casos (aumento de 6,4%).

No entanto, de forma positiva, o número de internados em UTIs em Madri não aumentou e permaneceu em 1.514, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

Assim, os dados mostram uma estabilização da curva, conforme apontado ontem pelo Ministro da Saúde, Salvador Illa.

Para evitar o colapso do sistema de saúde, a Espanha está trabalhando duro para expandir o número de leitos hospitalares, especialmente as UTIs.

Com mais de 50 mil atualmente hospitalizadas por coronavírus, o objetivo é aumentar o número de leitos na rede hospitalar pública em 21,5%, com cerca de 23 mil novas unidades, nos próximos dias.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Ministro da AGU se isola após suspeita de coronavírus
2 Rihanna e Jay-Z doam R$ 10 mi para combate à Covid-19
3 Coronavírus: Príncipe Albert 2º é considerado curado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.