Leia também:
X Idosa vence a Covid-19 após sobreviver à gripe espanhola

Em apenas 3 dias, mulher perde pai e tio para Covid-19

Ela também foi infectada e está em isolamento se tratando

Camille Dornelles - 04/08/2020 15h15

Irmãos falecem de Covid-19 com apenas três dias de diferença Foto: Reprodução

A jornalista e professora universitária Rose Castro, de 58 anos, é uma das mais de 2,7 milhões de pessoas do Brasil diagnosticadas com Covid-19. Infelizmente, ela perdeu um tio e o pai e um período de apenas quatro dias para a mesma doença. Ela revelou, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que quando viu o pai sentir os primeiros sintomas, não pensou que fosse coronavírus.

– Eu sou jornalista, sou bem informada. Aqui em casa é o maior capricho, paninho fora, já tem água com cândida, o sapato sujo nem entra. Meu pai só saía de máscara. Me passou tudo, só não me passou Covid-19 na cabeça – declarou.

Ela começou a sentir os sintomas primeiro, como perda de olfato. Os dois haviam sido infectados após uma visita do tio Luiz Eduardo Fernandes, irmão mais novo de seu pai, Orioswaldo Fernandes, de 81 anos.

Quando o idoso começou a se sentir mal, foi levado a uma clínica e depois encaminhado para internação no Hospital Universitário de Marília. Orioswaldo passou por exames e veio o susto: baixa oxigenação no sangue e 75% dos pulmões comprometidos.

– Para tentar humanizar um pouco, toda tarde uma psicóloga te liga e te coloca para falar com a pessoa. Eu fiz isso duas vezes. Depois ele já não podia falar mais, só me ouvia. Cada vez que chegava um boletim médico era “piorou, piorou, piorou”, e aí “faleceu” – detalha.

Seu Orioswaldo morreu no dia 30 de julho. Nesta segunda-feira (3), seu irmão Luiz Eduardo também faleceu. No sepultamento de seu pai, Rose foi acompanhada apenas da amiga Sebastiana Fresch.

– Sou filha única, sem filhos, mas Deus me deu uma irmã de alma – declarou, ao falar da amiga.

Rose (de preto) com a amiga no sepultamento do pai Foto: Arquivo pessoal

Nas redes sociais, Rose lamentou a perda dos dois e aproveitou para mandar um recado para os seguidores: “por favor, se cuidem”.

– Meu tio, Luiz Eduardo, veio de Americana-SP visitar meu pai que tinha feito aniversário no dia 13, mas não sabia que tinha Covid-19. Eu e meu pai contraímos o vírus. Meu pai faleceu no dia 30, em Marília. Hoje meu tio faleceu em Americana, às 12h30. Ambos de Covid. Dois irmãos em três dias. Por favor, se cuidem. Sigam as orientações da OMS – escreveu nesta segunda.

Ela passou da fase de risco e agora se recupera da Covid-19 em casa, onde faz isolamento há mais de uma semana. Ela conta que teve 25% dos pulmões afetados pelo vírus.

– Tenho que marcar com um pneumologista para ele avaliar se ficou alguma sequela e com um cardiologista porque eu passei a ter uma taquicardia de vez em quando. Fica na dúvida se é uma sequela da Covid-19 ou se é um estado emocional abalado por conta das circunstâncias que aconteceram – lamenta.

Leia também1 "Deus ainda faz milagres", celebra curada de coronavírus
2 Bolsonaro diz que está com "mofo no pulmão" pós-Covid
3 Pesquisador da Fiocruz traz alerta para evitar a 2ª onda
4 Médica que salvou 350 pessoas apela por uso da cloroquina
5 Médica é atacada por defender cloroquina e pede ajuda

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.