Leia também:
X Doria se revolta com ‘confisco’ de vacinas: “Insanidade”

Dra Raissa fala sobre protocolo para gestantes com Covid-19

Médica explicou como as grávidas podem utilizar azitromicina, cloroquina, vitamina D e zinco

Pierre Borges - 11/12/2020 17h40 | atualizado em 08/01/2021 15h22

Pleno.News Entrevista
Dra. Raissa Soares
por Pleno.News - 17/12/2020
Dra. Raissa Soares Foto: Marcos Corrêa/PR

A médica Raissa Soares participou de uma live do Pleno.News nesta quinta-feira (11) e falou sobre o protocolo de tratamento de uma gestante com Covid-19. Raissa ficou conhecida nas redes sociais após um vídeo em que pedia ao presidente Bolsonaro que enviasse um carregamento de hidroxicloroquina para tratamento de pacientes com Covid-19 em Porto Seguro, Bahia, onde trabalha. E também por ter gravado um vídeo em que explicava as fases da Covid 19 de forma clara e didática.

Raissa defendeu que as gestantes devem optar pelo tratamento precoce para preservação pessoal e do feto.

– O ministério da Saúde já nos liberou, inclusive, o uso da cloroquina. Ela é usada na malária há anos, então, a gestante pode, deve usar, inclusive, porque a gente não sabe quais serão os malefícios do vírus sobre o feto. O vírus já foi encontrado na placenta de mães que tiveram Covid. As gestantes são pacientes de risco pra Covid, então, no menor sintoma gripal, as gestantes devem procurar tratamento precoce, sem teste, com azitromicina, com cloroquina, com as vitaminas D e zinco – enfatizou.

Quanto ao uso da ivermectina, porém, a médica foi um pouco mais moderada com relação à gestantes.

– A ivermectina, tem grupos que fazem [o uso do medicamento] e tem grupos que não fazem. É uma droga com menos testes na gravidez. A gente chama de evidência C na gestação, mas a partir do primeiro trimestre já teria segurança de uso. Quanto mais rápido eu entrar, menos vírus eu vou ter.

Raissa citou também as complicações da gravidez da esposa do DJ Alok, que desenvolveu uma trombose placentária em decorrência da Covid-19.

– Ela teve um parto prematuro por trombose placentária porque a gestante tem uma situação pró-trombótica. A gestante já se encontra, por questões hormonais, num status de saúde que predispõe a formação de coágulos e na Covid não foi diferente. Então, as gestantes devem tratar precoce pra evitar a doença e evitar que o vírus atinja o feto, porque a gente só vai saber no futuro quais foram as consequências sobre as nossas crianças que tiveram mãe com Covid sem tratamento.

Em outubro, nasceu na Espanha um bebê com anticorpos contra a Covid-19. No caso, a principal suspeita dos médicos é de que o bebê tenha herdado os anticorpos da mãe, que havia testado positivo no momento em que deu entrada no hospital.

Leia também1 'As pessoas estão desafiando a ciência e se dispondo a ser cobaia da vacina'
2 Bebê espanhol nasce com anticorpos contra o coronavírus
3 Bahia recebe cloroquina enviada por Jair Bolsonaro
4 Bolsonaro atende a pedido de médica por hidroxicloroquina
5 Médica cria lista de profissionais que tratam Covid precocemente

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.