Leia também:
X Dra. Nise Yamaguchi alerta: ‘A vacina não pode ser obrigatória’

Covid: Reino Unido vira o 1° país do Ocidente a aprovar vacina

Imunização em massa deve começar já na próxima semana

Paulo Moura - 02/12/2020 07h50

Reino Unido aprovou uso da vacina da Pfizer e deve iniciar campanha na segunda semana de dezembro Foto: Pixabay

O Reino Unido tornou-se o primeiro país ocidental a conceder autorização para uso emergencial de uma vacina contra a Covid-19, abrindo o caminho para que o imunizante desenvolvido pela americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech seja distribuído à população britânica em volumes limitados em poucos dias.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (2) pelo ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, que classificou a notícia como “fantástica”. Na fala, o chefe da pasta destacou que no início da próxima semana o imunizante já deve começar a ser distribuído aos britânicos. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que a vacina vai resgatar vidas e a economia do país.

– É a proteção das vacinas que vai finalmente nos trazer de volta às nossas vidas e fazer a economia andar novamente – escreveu em uma rede social.

O Reino Unido afirmou que um primeiro lote com 10 milhões de doses será disponibilizado pelo NHS, serviço público de saúde, ainda em 2020. Profissionais da saúde estarão entre os primeiros a ser vacinados – as campanhas acontecerão em hospitais, por conta do armazenamento do imunizante.

A mesma vacina está sendo avaliada pelo órgão regulador de medicamentos e alimentos dos EUA, a FDA, com expectativa de que a autorização saia ainda este mês e a vacinação comece antes do fim do ano.

Leia também1 Covid: Vacina da Pfizer está fora do "perfil desejado" pelo Brasil
2 Pfizer e Moderna pedem uso de vacina contra Covid na Europa
3 Covid: United Airlines começa a transportar vacinas da Pfizer
4 Trump diz que vacinação nos EUA começa na próxima semana
5 AstraZeneca admite erro em teste de vacina contra Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.