Leia também:
X Epidemiologista diz que EUA saíram da fase de pandemia

Covid: Moderna pedirá aval para poder vacinar bebês no Brasil

Farmacêutica Zodiac, que representa o laboratório norte-americano no Brasil, deve fazer o pedido ainda no primeiro semestre

Paulo Moura - 02/05/2022 15h27 | atualizado em 02/05/2022 16h17

Representante da Moderna pedirá autorização para vacinar bebês Foto: Pexels

A farmacêutica Zodiac, que atua como representante do laboratório norte-americano Moderna no Brasil, vai solicitar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o registro definitivo da vacina produzida pela empresa americana contra a Covid-19. A novidade, no caso deste imunizante, é a faixa etária que será atendida: todas as pessoas a partir dos seis meses de idade.

O imunizante produzido pela Moderna ainda não é autorizado para uso no Brasil. Em território nacional, duas vacinas são liberadas para crianças, a da Pfizer, a partir dos cinco anos de idade, e a CoronaVac, a partir dos seis anos. Os outros dois imunizantes autorizados no país, das farmacêuticas AstraZeneca e Janssen, ainda não possuem aval para uso em crianças.

De acordo com o jornal O Globo, a última reunião entre a Zodiac e a Anvisa teria acontecido no dia 11 de abril. O plano da empresa é pedir a autorização para uso do imunizante no Brasil ainda no primeiro semestre. No entanto, a produção da vacina deve ser feita nos Estados Unidos e na Europa.

O intervalo entre as duas doses da vacina é de 28 dias. A diferença entre cada faixa etária, por sua vez, deve ser apenas na quantidade do imunizante aplicado. No caso de bebês, por exemplo, a dose a ser usada será correspondente a 25% da quantidade aplicada em um adulto.

Leia também1 Aliados de Lula culpam centrais sindicais por fracasso em ato
2 Meia Hernanes, ídolo pelo São Paulo, anuncia aposentadoria
3 Geraldo Alckmin pretende "selar a paz" entre Lula e a Rede Globo
4 Apresentadora anuncia saída da Globo após 23 anos na emissora
5 Dono da Rede TV compara atos pró-Bolsonaro e pró-Lula em SP

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.