Leia também:
X OMS: “Brasil precisa agir rápido para evitar 2ª onda de Covid-19”

Covid ainda poderá se propagar no início da vacinação, diz OMS

Tedros Adhanom, diretor-geral da organização, deu declarações durante coletiva, nesta sexta-feira

Pleno.News - 27/11/2020 17h20 | atualizado em 27/11/2020 17h21

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial de Saúde Foto: EFE/ Salvatore Di Nolfi/Arquivo

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, advertiu nesta sexta-feira (27) que, mesmo quando começar a vacinação contra a Covid-19, o vírus que causa a doença ainda terá espaço para se propagar.

– Inicialmente, a vacina será principalmente para trabalhadores da saúde, idosos e grupos em risco, o que dará ao vírus muito espaço para se movimentar ainda. Portanto, os testes adicionais devem continuar sendo uma ferramenta vital no controle da pandemia – disse o dirigente, durante entrevista coletiva.

Adhanom enfatizou que, diante das esperanças geradas pelo crescente número de testes clínicos de vacinas, uma das armas mais importantes para frear a pandemia continuará sendo os testes diagnósticos, incluindo os testes rápidos.

– Se não sabemos onde está o vírus, não podemos detê-lo. Não podemos isolar, tratar quem está contaminado, nem rastrear seus contatos – comentou.

O chefe da OMS insistiu na importância estratégica dos testes, ressaltou que todos os países do planeta já têm a capacidade de fazê-los.

Ainda de acordo com Adhanom, todos os países que alcançaram um controle eficaz do coronavírus tiveram em comum a ênfase nos testes.

– Continuamos precisando de mais testes, e melhores, mais fáceis de usar. Testes mais baratos, mais seguros e mais rápidos – opinou.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 OMS: "Brasil precisa agir rápido para evitar 2ª onda de Covid-19"
2 Trump diz que vacinação nos EUA começa na próxima semana
3 Animais sacrificados pela Covid emergem da terra na Dinamarca
4 Anvisa desmente Doria: Vacina não será aplicada sem registro
5 OMS: 'Sedentarismo causado por Covid pode criar nova pandemia'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.