Leia também:
X Modelo dá à luz um menino após ter contraído Covid-19

Covid: 1º lote da vacina pode ficar pronto em dezembro

Medicamento no Brasil está sendo feito em parceria com a Universidade de Oxford

Rafael Ramos - 28/06/2020 08h46 | atualizado em 28/06/2020 08h47

Primeiros lotes da vacina contra Covid feitos no Brasil devem ficar prontos em dezembro Foto: Reprodução

A vacina contra o coronavírus produzida pelo Brasil em parceria com a Universidade de Oxford pode ter seus primeiros lotes disponibilizados em dezembro de 2020 e janeiro de 2021. A expectativa é imunizar 100 milhões de pessoas.

Idosos, pessoas com comorbidades, profissionais de saúde, professores, indígenas, pessoas em privação de liberdade, adultos e adolescentes em medida socioeducativa, profissionais de segurança pública e motoristas de transporte público formarão o grupo prioritário para receber o medicamento.

De acordo com os responsáveis pela pesquisa, a vacina está na fase de testes clínicos. Ela já foi testada em animais e, até agora, 9 mil pessoas já receberam doses e os resultados mostram que a vacina é segura. Só falta constatar sua eficiência testando em 50 mil pessoas em diferentes países, entre eles o Brasil.

A vacina é feita a partir de um fragmento de proteína do vírus SARS-CoV-2, junto de um adenovírus inativado. A partir disso, o sistema imunológico produzirá anticorpos para combater essa proteína do coronavírus. Assim, quando o causador da Covid-19 infectar a pessoa, ela terá as defesas necessárias. O tempo de imunização tem validade de um ano.

Leia também1 Brasil vai produzir 30 mi de doses da vacina contra Covid
2 Nordeste pode ser incluído nos testes da vacina contra Covid
3 Modelo dá à luz um menino após ter contraído Covid-19
4 Pandemia faz aumentar morte cardiovascular em casa
5 Curada da Covid, médica de 88 anos volta a fazer cirurgias

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.