Leia também:
X STF irá analisar questão da obrigatoriedade da vacinação

Covid-19: Vacina de Oxford tem resposta “robusta” entre idosos

Pesquisa já havia indicado que imunização tinha boas respostas também entre adultos

Paulo Moura - 26/10/2020 08h00 | atualizado em 26/10/2020 13h00

Vacina de Oxford tem bons resultados entre idosos Foto: Reprodução

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, contra a Covid-19, gera uma resposta robusta na imunidade entre os idosos. Esse é o resultado obtido pelos testes clínicos que serão divulgados em breve em revistas científicas. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (26) pelo jornal Financial Times.

A vacina de Oxford faz parte de um acordo com o governo federal no Brasil, em uma parceria que envolve a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo o colunista do UOL, Jamil Chade, a Organização Mundial de Saúde já havia recebido informações prévias sobre a imunização e, por isso, já havia se declarado “otimista” nos últimos dias.

Segundo o Financial Times, a vacina de Oxford desencadeia anticorpos protetores entre os mais idosos, justamente o grupo considerado como prioritário em uma primeira fase de vacinação. O jornal cita duas fontes que fazem parte do projeto. Durante o ano, o mesmo grupo já havia indicado que a gerou “respostas imunológicas robustas” entre adultos saudáveis.

A notícia chega alguns dias depois que os testes com a vacina foram retomados nos EUA, depois de uma pausa por questões de segurança e diante de um efeito colateral registrado em um dos voluntários que participa dos testes.

Leia também1 Bolsonaro posa ao lado de cão: 'Vacina obrigatória só no Faísca'
2 Doria exalta vacina chinesa: "Será a vacina do Brasil"
3 STF irá analisar questão da obrigatoriedade da vacinação
4 Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da CoronaVac
5 São Paulo tem plano alternativo de vacinação, afirma Doria

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.