Leia também:
X Venda de cloroquina subiu 47% em 2020; de azitromicina, 105%

Covaxin: Anvisa cancela estudos no Brasil de forma definitiva

Anúncio feito pela agência foi motivado pelo rompimento do acordo entre a Precisa Medicamentos e a Bharat Biotech

Paulo Moura - 27/07/2021 09h01 | atualizado em 27/07/2021 09h38

Vacina Covaxin Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu cancelar em definitivo, na segunda-feira (26), o estudo clínico da vacina Covaxin no Brasil. A análise do imunizante contra a Covid-19 havia sido solicitada pela empresa Precisa Comercialização de Medicamentos Ltda.

Na última sexta-feira (23), a Anvisa já havia anunciado a suspensão cautelar dos estudos clínicos da vacina no país, após a comunicação sobre o rompimento de representação entre a empresa Precisa Comercialização de Medicamentos Ltda e o laboratório indiano Bharat Biotech, responsável pela criação do imunizante.

– A decisão foi tomada após avaliação técnica de que o fim da autorização da empresa Precisa para representar a vacina no país inviabiliza o cumprimento da normativa que trata da condução dos estudos clínicos de vacinas no país – informou a Anvisa.

Ainda de acordo com a Anvisa, o cancelamento envolve os dois processos que fazem parte de um pedido de pesquisa clínica. O primeiro foi um Dossiê de Desenvolvimento Clínico de Medicamento (DDCM), solicitado pela Precisa, e o segundo foi um Dossiê Específico de Ensaio Clínico (DEEC), protocolado pelo Hospital Albert Einstein.

Leia também1 Venda de cloroquina subiu 47% em 2020; de azitromicina, 105%
2 Fernando Scheffer conquista o bronze na natação em Tóquio
3 Olimpíadas: Ítalo Ferreira faz história e ganha 1° ouro do Brasil
4 Bolsonaro parabeniza Rayssa Leal: 'Orgulho para todos nós'
5 Pastor André Vitor posta vídeo chorando: “É angustiante”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.