Leia também:
X Pesquisa: Covid pode aumentar risco de problemas neurológicos

CoronaVac apresenta eficácia geral de 50,4%, diz governo de SP

Número foi apresentado nesta terça-feira pela direção do Instituto Butantan

Paulo Moura - 12/01/2021 13h33 | atualizado em 12/01/2021 13h51

Pedido de uso emergencial da CoronaVac foi feito pelo Butantan Foto: Divulgação/Butantan

O Instituto Butantan anunciou, no início da tarde desta terça-feira (12), o índice de eficácia geral da CoronaVac, imunizante desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac. Com 50,38% de eficácia, o número foi divulgado pelo diretor médico de Pesquisas Clínicas do Butantan, Ricardo Palácios.

O resultado era esperado desde a última quinta-feira (7), quando o Butantan anunciou os primeiros números de eficácia da doença, mas não citou os números relacionados ao sucesso geral. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que não havia recebido todos os dados necessários do Instituto Butantan para analisar a autorização de uso emergencial da imunização.

Na última semana, o governo de São Paulo informou que a CoronaVac teve eficácia de 78% para casos leves de coronavírus, na terceira fase de testes, com cerca de 13 mil voluntários no Brasil. Para redução de casos graves e moderados, o governo anunciou índice de eficácia de 100%, ou seja, não houve casos graves (incluindo mortes) e moderados entre os vacinados.

Nos dados de eficácia geral, o número inclui as pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus e não tiveram sintomas que necessitaram de atenção no estudo de fase 3, comandado pelo Butantan no Brasil, no qual a vacina de origem chinesa foi testada num grupo de 13.060 voluntários. ​Foram infectadas ao longo do ensaio, iniciado em julho, 218 pessoas. Dessas, cerca de 160 tinham recebido placebo e 60, a Coronavac.

Leia também1 CoronaVac: Rede quer análise do uso emergencial em 3 dias
2 EUA: Joe Biden diz não ter medo de jurar cargo ao ar livre
3 RJ: Governador visita centro de produção da vacina, na Fiocruz
4 Governo estuda priorizar a vacinação com 1 'dose de Oxford'
5 Doria 'insiste' e mantém plano de vacinação de SP para o dia 25

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.