Leia também:
X Parrerito, do Trio Parada Dura, morre por causa da Covid-19

Conheça todas as vacinas contra Covid-19 em desenvolvimento

Mais de 100 substâncias estão sendo analisadas e cerca de 30 já entraram em fase de testes

Pleno.News - 14/09/2020 09h59 | atualizado em 14/09/2020 10h29

Vacina de Oxford conseguiu evitar pneumonia causada pela Covid-19 Foto: Reprodução

Com tantas vacinas contra Covid-19 sendo desenvolvidas ao mesmo tempo é normal se confundir. O Pleno.News listou todas as substâncias na última fase de testes para entender melhor como está o combate contra o novo coronavírus.

Antes de elencar as empresas em ação, vale saber que há oito tipos de vacinas diferentes em estudo e cada um desses tipos possui diversas substâncias em avaliação. Cada uma deve ser aprovada em três fases de testes antes de ser comercializada.

TIPOS DE VACINAS
Até agora foram divulgados oito tipos diferentes de composição. São eles: vacina com vírus inativo, com vírus enfraquecido, com vetor viral replicante, com vetor viral não replicante, com DNA viral, com RNA viral, com subunidades proteicas que simulam o vírus e com partículas virais artificiais.

FARMACÊUTICAS E PAÍSES QUE ANUNCIARAM TESTES
Até agora há as farmacêuticas Gamaleya (Rússia), AstraZeneca (Oxford, Inglaterra), Sinovac (China), BioNtech (Alemanha), Pfizer (Estados Unidos), Dasa (Estados Unidos), Covaxx (Estados Unidos), Moderna (Estados Unidos), Sinopharm (China), Janssen (EUA) e CanSino Biologics (China).

Do Brasil estão envolvidos o Instituto Butantan e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no desenvolvimento das vacinas da Sinovac e da AstraZeneca, respectivamente. De acordo com a OMS, 179 vacinas estão sendo desenvolvidas. Dessas, 34 já entraram nos testes clínicos, que são os testes em humanos.

Confira abaixo a lista com as vacinas em testes na fase 3.

  1. GAMALEYA (RÚSSIA)
    Composição: usa dois vírus de resfriados comuns. Neles é inserido um trecho do material genético do coronavírus que permite a ligação dele nas células
    Fase: fase 3
    Testes no Brasil: sim, na Bahia e Paraná já anunciaram acordos
  2. ASTRAZENECA/OXFORD (INGLATERRA)
    Composição: produzida a partir de um adenovírus (resfriado comum) extraído de chimpanzés
    Fase: fase 3. O presidente da farmacêutica acredita que estará pronta até o fim do ano
    Testes no Brasil: sim. Já realiza testes clínicos em três estados brasileiros, com 5 mil voluntários
  3. SINOVAC (CHINA)
    Composição: feita com vírus inativos
    Fase: fase 3
    Testes no Brasil: sim. Já realiza ensaios clínicos em seis estados, com 9 mil voluntários em 12 centros de pesquisa. Ela é dada em duas doses e 4 mil voluntários já receberam a primeira
  4. BIONTECH (ALEMANHA) E PFIZER (EUA)
    Composição: utiliza RNA mensageiro do coronavírus
    Fase: fase 3
    Testes no Brasil: sim. Mil voluntarios serão testados no Brasil, na Bahia e em São Paulo
  5. COVAXX (EUA) e DASA (EUA)
    Composição: feita de peptídeos sintéticos de precisão
    Fase: fase 1, que ocorre em Taiwan
    Testes no Brasil: terá. As fases 2 e 3 dos testes vão acontecer com 30 mil voluntários do Brasil
  6. MODERNA (EUA)
    Composição: produzida a partir do RNA mensageiro (partícula que permite a replicação viral) do novo coronavírus
    Fase: fase 3
    Testes no Brasil: talvez. O Brasil analisa a possibilidade de entrar nos testes clínicos
  7. SINOPHARM (CHINA)
    Composição: feita com vírus inativado
    Fase: fase 3
    Testes no Brasil: sim, no estado do Paraná
  8. JANSSEN (EUA)
    Composição: produzida a partir de um vetor viral
    Fase: fase 3
    Testes no Brasil: sim. Já teve autorização para testes no Brasil
  9. CANSINO BIOLOGICS (CHINA)
    Composição: usa um adenovírus (resfriado comum) atenuado
    Fase: fase 3
    Testes no Brasil: talvez. A farmacêutica anunciou que pretende realizar testes no Brasil, na Rússia, no Chile e na Arábia Saudita

Leia também1 China testará primeira vacina em spray nasal contra Covid
2 Covid: Globo quer comprar vacina para imunizar elenco
3 Brasil testará BCG, vacina da tuberculose, contra a Covid-19
4 Vacina da Oxford pode ser concluída até o final do ano
5 Covid: Voluntária de vacina teve sintomas neurológicos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.