CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Malafaia detona João Doria e reforça apoio a Bolsonaro

“Com Deus, sobreviveremos ao coronavírus”, diz Netanyahu

Primeiro-ministro de Israel fez declaração lembrando êxodo do Egito para ressaltar força dos israelenses

Paulo Moura - 27/03/2020 09h12 | atualizado em 27/03/2020 09h20

Benjamin Netanyahu destacou força do povo de Israel Foto: Reprodução/Times of Israel

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, fez um discurso na última quarta-feira (25) ressaltando a importância da fé e da conscientização do povo israelense diante da pandemia de coronavírus. Em uma entrevista coletiva, o dirigente anunciou as novas medidas restritivas implementadas no país.

Entre os novos regulamentos estabelecidos estão a proibição de que funcionários trabalhem com temperatura superior a 38 graus Celsius ou 100 graus Fahrenheit. Compras não essenciais e viagens para parques públicos também estão impedidas. Outra restrição é das saídas além de 100 metros de casa.

– Digo isso da forma mais clara possível: você deve ficar em casa! Fique em casa, fique vivo. O perigo está à espreita para todos. Tenham bom cuidado – disse Netanyahu.

O dirigente israelense também lembrou aos cidadãos a história judaica da Páscoa, para reforçar que a nação vai passar por esse momento e sairá sobrevivente, assim como fez contra faraó quando deixaram o Egito.

– O êxodo do Egito nos lembra que nosso povo suportou tempestades violentas. Isso dá força. Isso dá esperança. Sobrevivemos ao faraó e, embora a batalha seja difícil e intransigente, também sobreviveremos ao coronavírus, com a ajuda de Deus e com os seus, cidadãos de Israel – completou.

Leia também1 Pandemia une palestinos e israelenses contra a Covid-19
2 "Isolar toda a população é ineficaz", diz Osmar Terra
3 Em SP, cloroquina será testada em pacientes com Covid-19

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo