Leia também:
X Covid-19: Vacinação de crianças será feita sem prescrição médica

Casos de Covid no Rio aumentam 6.778% em apenas três semanas

De 18 diagnósticos em 12 de dezembro, o número saltou para 1.238 em 1° de janeiro

Paulo Moura - 06/01/2022 08h57 | atualizado em 06/01/2022 09h23

teste de covid-19 pcr cotonete
Teste de Covid-19 Foto: Mufid Majnun | Unsplash

Os últimos dias de 2021 e os primeiros de 2022 já começam a demonstrar uma verdadeira avalanche de casos de Covid-19 no Rio de Janeiro. Com um cenário de filas em postos de saúde, a cidade teve um aumento de nada menos que 6.778% no número de infectados pela doença em apenas três semanas. De 18 diagnósticos em 12 de dezembro, o número saltou para 1.238 em 1° de janeiro.

Considerando apenas o intervalo entre o Natal e o Réveillon, a alta já foi de elevados 360%. No dia 25, o número de infectados era de 269. O número de casos positivos na capital fluminense não era tão alto para um único dia desde 30 de agosto, quando a cidade ainda vivia a onda provocada pela variante Delta. As informações constam no Painel Rio Covid-19, da Prefeitura do Rio.

O aumento de casos positivos da doença se reflete na taxa de positividade dos testes para diagnosticar a Covid-19, que subiu de 13% na semana passada para 41% nos primeiros dias do ano. O número não fica em patamares tão altos na cidade desde a primeira semana de 2021, quando o Rio ainda enfrentava a segunda onda do coronavírus.

Sobre a variante Ômicron, 312 casos já tiveram resultados de triagem positivos para a nova cepa em todo o estado do Rio de Janeiro e são alvo de análise genética por laboratórios, como o da Fiocruz. Se esses casos forem confirmados, a Ômicron já terá se tornado a cepa predominante no Rio.

Leia também1 Jornal Nacional debocha do caso de visto negado para Djokovic
2 Jogador de 18 anos passa mal e deixa jogo em ambulância
3 Em SP, mulher é diagnosticada com Covid, Influenza e resfriado
4 China faz lockdown em cidade, e bebês morrem sem atendimento
5 Jair Bolsonaro chega a Buriti Alegre para futebol beneficente

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.