Leia também:
X Anvisa diz que há surto de fungo resistente a medicamentos

Brasil recebe primeiro lote da vacina da Pfizer para crianças

Imunizantes chegaram ao país na madrugada desta quinta-feira

Pleno.News - 13/01/2022 08h49 | atualizado em 13/01/2022 10h03

Frascos da vacina da Pfizer contra Covid-19 Foto: EFE/EPA/Daniel Pockett

O primeiro lote de vacinas da Pfizer contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegou ao Brasil por volta das 4h45 desta quinta-feira (13). A remessa com 1,2 milhão de doses desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

As doses serão agora encaminhadas para o Centro de Distribuição do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo, para passarem por um processo de controle de qualidade e temperatura. Segundo o Ministério da Saúde, a distribuição aos estados e ao Distrito Federal começa ainda nesta quinta-feira, seguindo o critério proporcional.

As doses fazem parte da primeira remessa de três que serão recebidas pelo país. A previsão é de que o Brasil receba, em janeiro, um total de 4,3 milhões de doses da vacina. Durante o primeiro trimestre, está prevista a chegada de quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças. Em fevereiro, a previsão é de que sejam entregues mais 7,2 milhões e, em março, 8,4 milhões.

A recomendação do Ministério da Saúde é que a vacinação de crianças de 5 a 11 anos não seja obrigatória e que siga uma ordem de prioridades, começando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes. A imunização ainda requer o termo de autorização dos responsáveis ou a presença desses no momento da vacinação. O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações.

*AE

Leia também1 Anvisa diz que há surto de fungo resistente a medicamentos
2 Anvisa recomenda cancelar atual temporada de cruzeiros
3 Bolsonaro: Eleição de Lula seria 'recondução de criminoso' ao crime
4 Hang reage à conta suspensa no Twitter: 'Momentos estranhos'
5 Senadores suspeitam de apagão de dados e querem ouvir governo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.