CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Plano de saúde terá que cobrir testes sorológicos de Covid-19

Após 9 dias intubada, mulher celebra cura e agradece a Deus

Ela chegou a ter 30% do pulmão comprometido, mas venceu a Covid-19

Camille Dornelles - 29/06/2020 13h05 | atualizado em 29/06/2020 16h45

A luta dos brasileiros contra o novo coronavírus continua mostrando histórias de resiliência, perseverança e milagres. Mais de meio milhão de pessoas no país já venceram a doença.

Neste mês de junho, a manicure Michele Santos, 36 anos, de São José do Rio Preto, São Paulo, ficou nove dias intubada no hospital por causa da Covid-19. Ela chegou a ter 30% do pulmão comprometido, mas agora celebra a cura.

A sobrevivente conversou com o Pleno.News e afirmou que sua luta contra o novo coronavírus foi muito difícil.

– Dia 31 de maio eu comecei a sentir calafrios nos pés e o corpo gelado. No dia seguinte eu amanheci muito mal. Fui até o posto de saúde do meu bairro, que estava fechado apenas para pessoas com suspeita de Covid-19. Lá eu fiz o exame, mas voltei para casa. Tive todos os sintomas que a Covid provoca: febre muito alta, dor de cabeça, falta de ar, muitas dores fortes no corpo, muita dor nas costas, não conseguia ficar em pé… E ainda náusea, vômito, diarreia. Eu tive que tratar uma infecção urinária – explicou.

Michele foi levada para o hospital Santa Casa de Rio Preto no dia 8. Ela sentia falta de ar e, por isso, foi internada e fez uso do respirador. Após nove dias intubada, ela saiu do coma induzido e voltou a respirar por si mesma. Michele, então, recebeu a esperada alta hospitalar no dia 15 de junho.

– Tive meu pulmão do lado direito comprometido 30%, voltei para casa e estou de repouso por 30 dias, porque ainda estou muito fraca. Ainda sinto muitas dores no peito, no pulmão e costelas, tenho bastante fraqueza. Tenho muito medo, estou ainda um pouco “passada”, não consigo ficar 100% ligada nas coisas. Acho que vai me faltar ar ainda, mas acredito que seja psicológico – declara.

A manicure deixou o hospital sob aplausos dos profissionais de saúde e exibindo seu certificado de curada. Ela publicou o vídeo emocionante de sua saída do hospital. Depois, recebeu uma festa e um bolo especial da família.

Michele Santos paylaştı: 23 Haziran 2020 Salı

Agora, o tratamento continua em casa. Ao portal, ela revelou que ainda sofre com sequelas deixadas pelo vírus, como dores e fraqueza, mas que também percebe efeitos psicológicos do trauma. Seu esposo também foi infectado, mas ficou assintomático e bem. E o filho do casal estava isolado e não foi infectado.

Em suas redes sociais, ela relembrou os dias difíceis vividos no hospital e agradeceu a Deus por sua recuperação.

– Para mim, tem muito valor em cada segundo vivido. Deus é misericordioso, maravilhoso, onipotente, onipresente, onisciente – testemunhou após uma semana de alta.

Leia também1 Curados de coronavírus no mundo passam de 5 milhões
2 Itália tem menor número de mortes por Covid desde março
3 Idoso de 114 anos vence a Covid usando dexametasona
4 Curado da Covid-19, Sóstenes Cavalcante recebe alta
5 Cantor sertanejo doa plasma para pesquisa contra Covid

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo