Leia também:
X São Paulo tem plano alternativo de vacinação, afirma Doria

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da CoronaVac

Decisão foi tomada nesta sexta-feira

Ana Luiza Menezes - 23/10/2020 18h49 | atualizado em 23/10/2020 19h33

Anvisa autoriza compra de 6 milhões de doses da Coronavac Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (23), a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o Instituto Butantan a importar 6 milhões de doses da vacina Coronavac, contra o novo coronavírus. A decisão foi tomada um dia após o instituto ter questionado o prazo de liberação para a importação. As informações são da CNN Brasil.

A liberação, porém, não indica que a vacina poderá ser utilizada de forma imediata no país. Ainda é preciso que o imunizante tenha o registro da Anvisa.

– Na importação em caráter excepcional de produto sem registro, é de responsabilidade do importador garantir a eficácia, segurança e qualidade do produto, inclusive o monitoramento do seu uso e o exercício da farmacovigilância. Adicionalmente, a utilização do produto ficará condicionada à obtenção de seu registro sanitário junto à Anvisa – apontou o comunicado da Anvisa.

Ainda segundo a nota, enquanto a Anvisa não autorizar a aplicação da vacina, o Butantan terá que armazenar as doses. O instituto terá ainda que garantir que elas não sejam usadas.

– A carga ficará sob a guarda do Instituto Butantan, seu fiel depositário, mediante termo de guarda específico pertinente, que deverá mantê-la em suas instalações e em perfeitas condições de acondicionamento, até que seja autorizada a utilização – apontou o texto da agência.

A Coronavac é produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês, Sinovac.

Leia também1 São Paulo tem plano alternativo de vacinação, afirma Doria
2 Para Fux, Judiciário deve decidir sobre a vacina da Covid-19
3 OMS diz que compra de vacina é assunto de "soberania nacional"
4 Maia promete "ajuda" a Doria na questão da vacina da Covid-19
5 Sem aval, governadores avaliam consórcio para vacina chinesa

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.