Leia também:
X EMA identifica conexão entre vacina da J&J e trombose

Anvisa autoriza uso de coquetel anticovid recebido por Trump

Administração deverá ser feita apenas em hospitais

Monique Mello - 20/04/2021 12h43 | atualizado em 20/04/2021 12h50

Casirivimabe e imdevimabe estão autorizados em quadros leves e moderados da Covid-19 Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta terça-feira (20), o uso emergencial do coquetel de medicamentos Regn-CoV2, composto pelos medicamentos casirivimabe e imdevimabe, para o tratamento da Covid-19 no Brasil.

O coquetel ficou conhecido após o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usar a medicação quando foi infectado com Covid-19, em outubro do ano passado.

A indicação do coquetel é para quadros leves e moderados da doença, em pacientes adultos e pediátricos (12 anos ou mais) com infeção por Sars-CoV-2 confirmada por laboratório e que possuem alto risco de progredir para formas graves da doença. Isso inclui pacientes com 65 anos ou mais ou que têm certas condições médicas crônicas. A Anvisa destaca que esses anticorpos não previnem a doença.

A administração dos medicamentos será apenas em ambiente hospitalar. No entanto, a Agência esclarece que o casirivimabe e o imdevimabe não estão autorizados para uso em pacientes hospitalizados (internados) devido à Covid-19 ou que necessitam de oxigênio de alto fluxo ou ventilação mecânica em seus tratamentos. De acordo com dados do estudo clínico, os anticorpos não demonstraram benefício em pacientes internados.

O coquetel casirivimabe + imdevimabe também se mostrou eficaz nos estudos laboratoriais contra a variante amazônica do vírus. A espera agora é pelos resultados dos estudos clínicos, mas as respostas iniciais são positivas.

O reng-cov 2 é o segundo medicamento aprovado pela Anvisa para o tratamento da Covid-19. O primeiro foi o remdesivir, em 12 de março deste ano.

Leia também1 Branco sobre luta contra Covid: "Só quem sofre sabe"
2 Vacina da AstraZeneca: Canadá reporta novo caso de coágulos
3 Voluntários receberão R$ 38 mil para se infectarem com Covid
4 Coquetel anticovid da Roche mostrou eficácia de 81%
5 Rio: Lista de comorbidades para vacinação anticovid é divulgada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.