Leia também:
X MG: Zema afasta secretário de Saúde após vacinação irregular

Anvisa aprova medicamento Remdesivir contra a Covid-19

Fármaco foi o primeiro medicamento a comprovar eficácia no combate aos sintomas da doença

Paulo Moura - 12/03/2021 10h21 | atualizado em 12/03/2021 10h51

Remdesivir já havia sido liberado nos Estados Unidos Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou nesta sexta-feira (12) a concessão de registro para o Remdesivir, medicamento usado para combater casos graves de Covid-19. O fármaco foi o primeiro a ter recomendação em bula para pacientes com o novo coronavírus.

O Remdesivir foi o primeiro remédio a comprovar eficácia no combate aos sintomas da doença e já foi liberado para uso nos Estados Unidos. A Anvisa autorizou em junho do ano passado os testes com o medicamento, que agora teve o registro definitivo aprovado.

Nos Estados Unidos, ele é usado em adultos e crianças a partir de 12 anos e pesando mais de 40 quilos, que estejam hospitalizadas, mas só pode ser administrado por via injetável em um centro médico ou equivalente. Outra autorização emergencial foi definida paralelamente para crianças com menos de 12 anos que pesem pelo menos 3,5 quilos.

Também foi anunciado o registro definitivo da vacina da AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Leia também1 Anvisa proíbe máscaras de acrílico nos aeroportos
2 Anvisa facilita importação de vacinas autorizadas no exterior
3 Bolsonaro faz grave alerta sobre as medidas de lockdown
4 Anvisa oficializa flexibilização para compra de vacinas
5 Jair Bolsonaro nunca foi contra vacinas, prova Carlos Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.