Leia também:
X Variante brasileira da Covid está em dez estados, afirma Saúde

Anvisa aprova importação de mais doses da vacina de Oxford

Autorização é temporária e de uso emergencial, nos mesmos termos da autorização já concedida

Pleno.News - 13/02/2021 09h59

Fiocruz prevê entregar primeiras doses de vacina de Oxford no meio de março Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta sexta-feira (12), a importação de mais doses prontas da Covishield, nome dado à vacina de Oxford produzida pelo Instituto Serum da Índia. O pedido foi feito pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável pelo imunizante no país.

De acordo com a Anvisa, a autorização é temporária e de uso emergencial, a mesma concedida aos dois milhões de doses que já estão sendo aplicadas no Brasil.

– Esta aprovação se deu nas mesmas condições já realizadas pela agência em 17 de janeiro, ou seja, para autorização temporária de uso emergencial, já que se trata da mesma vacina, fabricada sob as mesmas condições já avaliadas naquela oportunidade – disse a Anvisa, em nota.

Na semana passada, a Fiocruz recebeu um lote com 88 litros de IFA (insumos para produção da vacina) vindos da China. A quantidade é suficiente para produzir 2,8 milhões de doses. As primeiras vacinas fabricadas com esse material devem ser entregues ao Ministério da Saúde entre 12 e 15 de março, segundo previsão dos cientistas.

Outros dois lotes de IFA devem chegar da China ainda em fevereiro, em data ainda não definida. Ao todo, a Fiocruz espera receber em fevereiro IFA suficiente para produzir 15 milhões de doses do imunizante.

A Anvisa está em processo de análise do pedido para registro definitivo da vacina de Oxford, feito pela Fiocruz em 29 de janeiro. Segundo a agência, será dada “total prioridade na análise para fins de concluir o processo no menor tempo possível”.

*Estadão

Leia também1 Lira defende agilidade da Anvisa na liberação de vacinas
2 Primeira a ser vacinada no Brasil recebe a 2ª dose da CoronaVac
3 Bolsonaro conversa sobre spray contra Covid-19 com Netanyahu
4 Lira diz não acreditar em veto de Bolsonaro a prazo dado à Anvisa
5 Anvisa pedirá veto a prazo de 5 dias para liberação de vacinas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.