Leia também:
X Especialista em Liberdade de Expressão analisa caso Daniel

Rodrigo Amorim fala de sua visita a Daniel Silveira na PF

"Ele estava tranquilo e segue na expectativa da decisão a ser proferida pelo plenário da Câmara dos Deputados"

Virgínia Martin - 19/02/2021 11h27 | atualizado em 19/02/2021 12h05

Daniel Silveira e Rodrigo Amorim, ambos deputados, são também amigos

Depois de sua visita, nesta quarta-feira (17), ao deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) na Superintendência da Polícia Federal do RJ, Rodrigo Amorim, deputado estadual pelo PSL, deu uma entrevista ao Pleno.News, falou como está o colega e avaliou a situação de sua prisão, determinada pelo ministro Alexandre Moraes, do STF.

O que percebeu de Daniel Silveira durante sua visita e quanto tempo conseguiu conversar com ele?
Fui lá prestar minha solidariedade ao meu amigo. Ele estava tranquilo, acompanhado do advogado André Rios. O deputado Daniel Silveira segue na expectativa da decisão a ser proferida pelo plenário da Câmara dos Deputados, na tarde dessa sexta feira. Pude conversar com ele por cerca de meia hora.

E como foi a abordagem da PF em sua visita?
É importante ressaltar que me identifiquei aos policiais federais e deixei meu celular com assessores do lado de fora do prédio. Ao chegar à PF, também conversei com os apoiadores e, na saída, também. Havia, naquele momento, aproximadamente 50 militantes e apoiadores.

Como avalia esta prisão?
Eu considero fundamental a discussão no Brasil sobre o ativismo judicial e a judicialização da política, sempre com respeito, espírito democrático e pacífico. Defendo a liberdade de expressão e as prerrogativas regimentais de todo deputado.

Há instrumentos legais adequados para julgar qualquer eventual excesso tanto pelo Judiciário quanto pelo próprio Poder Legislativo. Portanto, a prisão me pareceu desnecessária.

Deputado Rodrigo Amorim conversa com apoiadores na entrada da PF no Rio de Janeiro

Mais algum parlamentar estava ali para fazer uma visita?
A deputada Major Fabiana também estava lá. Conversei bastante com ela, que está prestando toda a solidariedade e fazendo a relação com os deputados federais.

Daniel Silveira foi levado para o Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (18). Seus perfis no Instagram e no Facebook foram retirados do ar. E, nesta sexta-feira (19), a Câmara dos Deputados irá realizar sessão deliberativa, a fim de votar se mantém ou não a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

Leia também1 Daniel Silveira recebe a visita de Rodrigo Amorim na sede da PF
2 Câmara irá julgar prisão de Daniel Silveira nesta sexta-feira
3 Preso, deputado Daniel Silveira diz que mostrará "quem é o STF"
4 Daniel Silveira é levado para Batalhão da PM em Niterói

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.