Leia também:
X André Valadão: “Ser pai é revelar a paternidade de Deus”

Pai saudável: Anderson Freire perde 16kg por amor ao filho

"As nossas brincadeiras voltaram a ter graça e meu filho ficou feliz", revelou o cantor

Rafael Ramos - 09/08/2020 08h20 | atualizado em 02/09/2020 17h10

Anderson Freire ao lado de Gustavo e da esposa Raquel Foto: Reprodução

Pai de adolescente, Anderson Freire precisou passar por uma mudança radical para conseguir acompanhar o ritmo do filho Gustavo, de 11 anos. Depois de vencer o garoto várias vezes nas disputas de futebol, o cantor começou a ver o peso extra interferir na sua habilidade em campo.

E foi justamente durante a quarentena, período em que a maioria das pessoas ganhou peso por causa do isolamento, que Anderson decidiu ir contra a corrente e conseguiu já perder 16 quilos. Como ele mesmo falou ao Pleno.News, foi como se o seu corpo desse um último grito para que ele resolvesse que era hora de recomeçar.

Somando uma nova rotina de exercícios a uma reeducação alimentar, o cantor listou uma série de benefícios que os novos hábitos lhe proporcionaram, inclusive na vida conjugal. Emocionado, ele fala que está feliz e que tem conseguido se adaptar à nova realidade. Anderson Freire admite que a quarentena veio como um tempo de oportunidade para que ele pudesse dar uma nova chance a si mesmo e à vida.

O que te motivou a encarar o desafio de emagrecer na quarentena?
Eu chamo isso de oportunidade. Eu poderia falar que comecei tarde, mas nunca é tarde para você recomeçar. Eu já vinha ouvindo meu corpo gritando, mas dessa vez ele gritou forte demais. É como se fosse um último grito. Meu corpo gritando, minha alma falando desesperadamente: “Você precisa cuidar de você”. Então, eu cheguei na quarentena e enxerguei como se fosse a janela da minha oportunidade. Onde quem pode abrir essa janela é só quem está por dentro, eu. A janela não tem tranca do lado de fora, só por dentro. Então, eu só consigo imaginar a possibilidade de encarar e partir pra cima. Estou aqui caminhando, perdendo peso e ganhando qualidade de vida, graças a Deus.

Como os quilos a mais interferiam em sua vida?
Me prejudicavam no meu relacionamento emocional com a família, conjugal com a minha esposa e em todas as áreas que você quiser imaginar. Eu brincava de bola com meu filho Gustavo, quando ele tinha 6 anos, e ganhava dele. Quando ele foi tomando forma de pré-adolescente eu não conseguia fazer nem um gol nele. Meu filho cresceu e eu perdi meus movimentos de precisão. Percebi que não se trata de competição, mas de competência em cuidar de mim mesmo. Depois que comecei a me cuidar, eu já estava ganhando ele e tendo mais velocidade. As nossas brincadeiras voltaram a ter graça, meu filho ficou feliz, eu voltei a ter mais prazer. Todo mundo ganhou! A partida de futebol é apenas uma simbologia do que de fato a vida é. Meu relacionamento ganhou mais dinâmica, a minha vida emocional ganhou mais intensidade e mais capacidade. A minha respiração pra cantar também melhorou.

Você sempre teve uma rotina sedentária ou já praticou alguma atividade física?
Eu sempre buscava praticar alguma atividade física, mas não adianta se você não encara o gigante de frente e apenas deixa ele adormecer. Você grita com o gigante e até ameaça fazer atividade física e ele adormece, mas uma hora ele desperta. Então, você não pode deixar o gigante dormir, você tem que sacudi-lo todos os dias e assim eu passei a fazer. A minha rotina virou a minha luta contra mim mesmo porque o sedentarismo mata a sua alma em vida. Você não morre só fisicamente, você morre espiritualmente e emocionalmente. Em vida, você não vive e isso é pior do que a própria morte e o exercício me ajudava um pouco, mas fazia o gigante adormecer. Agora, eu mato todos os dias o meu gigante, mas eu não adormeço porque, mesmo acima do peso ainda, eu tenho paz e vivo melhor.

O que mais você precisou mudar com essa nova rotina?
Eu comecei cortando o mal pela raiz, mas aos poucos. Eu mudei radicalmente a alimentação, mas não foi num estalar de dedos, mas um dia após o outro. Eu parei de comer o que eu queria. O corpo pede, mas eu preciso lembrar, até espiritualmente falando, mas de uma forma bem racional, que “o que eu preciso fazer não faço, mas o mal está o tempo todo ali”. O corpo pede, mas a gente não pode comer tudo. As pessoas precisam vender a carne, mas você não é obrigado a comprar carne gordurosa todos os dias. As pessoas precisam vender arroz e macarrão, mas você pode muito bem pegar um arroz que seja de qualidade. Eu tive que trazer equilíbrio a minha vida.

Qual foi a meta estabelecida?
Eu estabeleci mudar de vida porque eu não gosto de ficar muito baseado em metas porque, se você falha, você pode se frustrar. Mas eu estabeleci mudar de vida e estou vivendo um dia após o outro. Não quero ficar ansioso, não sei lidar com um futuro que não consigo ver, mas consigo lidar muito bem com um presente que eu vejo e me estabelece pro futuro com bastante equilíbrio, com personalidade e muita garra. Não estabeleci meta, mas um dia após o outro é minha meta de ser feliz e estar bem.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Gente ! Já se foram embora 14 quilos . Estou muito feliz , e estou prestes a usar essa camisa azul aí que mostrei no vídeo . Vc consegue também 💪💪💪💪💪 vamos nessa .

Uma publicação partilhada por Anderson Freire 🎤 (@andersonrfreireoficial) a

Como é sua série de exercícios?
Três vezes na semana eu inicio a parte mais forte e intensiva, mas eu faço quatro e às vezes faço cinco, pois não se trata de vícios, se trata de força de vontade e dedicação. Aqui não funciona o “menos é mais”. Quanto mais eu preciso fazer, menos eu sofro. Tenho um personal que é muito bom e me ajuda muito. Eu não faço somente corrida, esteira e aeróbico, eu faço fortalecimento de músculos.

Pensou em desistir alguma vez?
Dessa vez não. Estou sendo bem sincero. Como eu disse: não se trata só do meu corpo gritar, mas se trata de dar o último suspiro. Eu me sentia morrendo.

Quais os maiores sacrifícios que precisou fazer?
Meu maior sacrifício é exatamente abrir mão das pequenas coisas: o chocolatezinho, o café com açúcar, aquilo que me dá prazer momentâneo. Aí eu tive que trocar o prazer momentâneo pelo prazer de uma vida inteira. É onde eu olho pro meu filho e ganho força.

Como está sendo o apoio da família nesse processo?
Muito bom, como nunca foi! Para o meu filho é tudo novo, mas minha esposa se posiciona como mulher sábia e isso me ajuda muito.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Que lindo dia com eles ( meus amores ) família linda . Confesso que não deu pra mim não , @gugaffreire levou essa .

Uma publicação partilhada por Anderson Freire 🎤 (@andersonrfreireoficial) a

Quantos quilos perdeu e como se sente atualmente?
Eu perdi aproximadamente 16 quilos e sei que meu corpo precisa perder mais. Outro dia eu peguei uma sacola de cinco quilos de arroz, caminhei com ela do portão até a cozinha e fiquei aproximadamente um minuto segurando em uma mão só até ter que trocar porque ficou meio que insuportável. Então, eu falei: “Senhor, como eu estava conseguindo carregar isso?”. E fiquei feliz e chorando de superação.

O que mais mudou no seu corpo e na sua saúde?
Mudou tudo! Respiro melhor. No relacionamento, como falei, minha vida sexual é outra e não estou falando de intimidade, mas em todas as áreas em relação à minha esposa. Ajudou muito na vida conjugal.

Que mensagem deixa pra quem deseja emagrecer, mas ainda não tomou essa decisão?
Hoje não é tarde, mas amanhã pode ser tarde! Então, comece agora! Você nasceu para dar certo! Você nasceu pra vencer!

Pleno.News Entrevista
Anderson Freire
por Pleno.News - 01/09/2020

* Você pode ouvir a entrevista com Anderson Freire em podcast no Pleno.News, no Spotify, na Deezer, no Google Podcasts e no Apple Podcasts.

Leia também1 Dia dos Pais: Veja cantores e pastores ao lado dos filhos
2 André Valadão: "Ser pai é revelar a paternidade de Deus"
3 Cassiane fala de ministério, família e trabalhos musicais
4 Luma Elpidio anuncia noivado e surpreende fãs: "Muito feliz"
5 Bella Falconi: "Meu maior alvo hoje em dia é buscar almas"

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.