Vacinar é fundamental

Conheça as vacinas que devem ser dadas a cães e gatos, quando elas devem ser dadas e as doenças que elas previnem

Vinícius Cordeiro - 24/08/2017 09h55

Vacinação é fundamental Foto: Divulgação

A correta administração das vacinas é essencial para prevenir seu pet de doenças. Conheça as vacinas que devem ser dadas a cães e gatos, quando elas devem ser dadas e as doenças que elas previnem. Sempre procure um veterinário confiável para vacinar e medicar seus pets. Os proprietários de animais de estimação caninos devem ter em mente que, apesar de as vacinas serem primordiais para evitar muitas doenças, elas também podem causar problemas se não forem administradas da maneira correta. Isso pode aumentar a chance de que seu pet desenvolva males crônicos em função do excesso de medicação.

A vacinação é algo que todos os donos de pets devem ter em mente quando adicionam um novo amigo à família. Prevenindo doenças que vão das mais simples e corriqueiras até as mais graves e fatais, as vacinas disponibilizadas podem ser a solução perfeita para que seu pet tenha uma vida longa e saudável.

Principais vacinas para cães

  • Vacina óctupla: Previne as seguintes doenças: Cinomose, Coronavirose, Hepatite (adenovirose I), Adenovirose II, Leptospirose, Parvovirose e Parainfluenza. Deve ser administrada quando o cão tiver 60 dias (2 meses); a segunda dose quando o cão tiver 90 dias (3 meses) e a terceira dose quando o cão tiver 120 dias (4 meses). O reforço dessa vacina deve ser anual! Isso significa que deve ser novamente administrada quando o cão tiver 1 ano e 2 meses.
  • Vacina antirrábica: É uma vacina obrigatória que previne o cão contra a raiva. Deve ser ministrada uma semana após a terceira dose da vacina óctupla. Deve ser anualmente reforçada.
  • Vacina contra giardíase: Não é obrigatória, embora seja de grande utilidade contra o parasita giárdia. Pode ser feita a partir dos 60 dias de idade, em duas doses, sendo que a segunda dose deve ser dada 30 dias após a primeira.

Principais vacinas para gatos

  • Vacina quíntupla: Previne as seguintes doenças: Rinotraqueíte viral felina, Calicivirose felina, Panleucopenia felina, Clamidiose felina e Leucemia felina. Três doses devem ser administradas; a primeira quando o gato tiver 60 dias (2 meses), a segunda com 90 dias (3 meses) e a quarta com 120 (dias), 4 meses. A vacina quíntupla deve ser reforçada anualmente.
  • Vacina antirrábica: É uma vacina obrigatória e previne o gato contra a raiva. Deve ser administrada uma semana após a terceira dose da vacina quíntupla. Seu reforço deve ser anual!

Recomendações

  • Não exponha seu pet a outros animais até completar o ciclo de vacinações. O cão somente está imunizado após 15 dias da aplicação da última dose de vacina.
  • Seu pet deve estar saudável e sem parasitas ao vacinar.
  • Não acasale animais sem vacinação.

Você pode encontrar vacinas antirrábicas em ONGs, ou mesmo no Instituto Jorge Vaitsman, na Prefeitura do Rio. Sempre procure orientação médica veterinária antes de ministrar vacinação em seus animais.


Vinicius Cordeiro é advogado, ex-Secretário de Proteção Animal do Rio de Janeiro.
Bruna Franco é ativista, dirigente da ONG Celebridade Pet.