Opinião Sergio du Bocage: Mulheres…

A presença feminina cresce expressivamente no esporte. E o esporte agradece

Sergio du Bocage - 08/03/2018 10h15

Olimpíada 2012
Brasileiras campeãs na Olimpíada 2012 Foto: COB

O Dia Internacional da Mulher é celebrado hoje, 8 de março. E um dos segmentos em que elas marcam presença de forma cada vez mais decisiva e impactante é o Esporte. Só que nem sempre a história foi assim.

Nos Jogos Olímpicos da Antiguidade, por exemplo, os homens competiam nus e as mulheres eram impedidas até de assistir às disputas. O imperador romano Teodósio proibiu as práticas esportivas para as mulheres e a alternativa era se passarem por dançarinas ou acrobatas, apenas como diversão.

Somente em 1900, nos Jogos Olímpicos de Paris, 11 mulheres puderam participar, tendo à frente a francesa Alice Melliat, que brigou pela inclusão do grupo em competições de atletismo. A primeira sul-americana a participar de uma edição dos Jogos foi nossa nadadora Maria Lenk, que com 17 anos disputou os Jogos de 1932, em Los Angeles.

Maria Esther Bueno, tenista campeã individual de Wimbledon em 59, 60 e 65, e de duplas em 58, 60, 63, 65 e 66, é outro ícone do esporte brasileiro e mundial. Aída dos Santos, nos Jogos de Tóquio, em 64, ficou em 4º lugar no salto em altura. Hoje temos várias medalhistas de ouro: Rafaela Silva, Martine Grael, Kahena Kunze, Sarah Menezes, Maurren Maggi, Sandra Pires e Jaqueline. Além das meninas do vôlei, é claro.

Outra vitória das mulheres diz respeito à premiação. Um estudo da BBC Sport, divulgado ano passado, mostra que 83% dos esportes recompensam homens e mulheres com os mesmos valores. Dos 44 que pagam prêmio em dinheiro, 35 já respeitavam essa norma. Em 2014, o mesmo estudo apontava que o índice era de 30%.

Que vocês, mulheres, conquistem cada vez mais espaço. O Esporte agradece.

Sergio du Bocage é carioca e jornalista esportivo desde 1982. Trabalhou no Jornal dos Sports, na TV Manchete e na Rádio Globo. É gerente de programas esportivos da TV Brasil e apresenta o programa “No Mundo da Bola”.