Copa do Mundo: Façam suas apostas

Quem será a seleção campeã no mundial, agora em 2018?

Sergio du Bocage - 30/05/2018 12h30

A Copa do Mundo começa dia 14 de junho e já tem muita gente se movimentando para participar dos famosos bolões. Aliás, parece que eles estão mobilizando mais a torcida que o próprio Mundial. Mas arriscar palpite não é exclusividade de brasileiros, menos ainda de torcedores, nem mesmo de humanos.

Lembra do polvo Paul, da Copa de 2010? Virou notícia no mundo inteiro ao acertar os resultados dos sete jogos da Alemanha no Mundial da África do Sul. Em 2014, com menos sucesso, foi a vez da tartaruga Cabeção.

E agora, para 2018, houve até uma eleição, promovida pelo Museu de Hermitage, de São Petersburgo. Entre os 70 gatos que moram lá, o escolhido foi Aquiles, um gato branco e surdo, que será o responsável pelos palpites oficiais dos jogos da Copa da Rússia.

A brincadeira vai um pouco mais longe. A Eletronics Arts, uma desenvolvedora de jogos eletrônicos, utilizou o DLC (downloadable content, ou seja, conteúdo “baixável”) da Copa do Mundo no FIFA 18 para realizar todos as partidas da fase de grupos até a final. Usando as estatísticas dos jogadores, a EA prevê que a França será campeã, derrotando a Alemanha nos pênaltis, após empate de 1 a 1 no tempo normal. E que o Brasil será derrotado pela Bélgica, nas quartas de final.

Vale lembrar que a EA acertou a Espanha, campeã em 2010, e a Alemanha, campeã em 2014.

Tem mais. O Centro Internacional de Estudos do Esporte analisou a atuação dos 23 jogadores mais convocados de cada seleção que irá à Copa, desde julho de 2017 a abril deste ano. Em cima disso, o CIES prevê a Espanha campeã, com o Brasil sendo o vice.

Por fim, a Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas (FGV EMAp) fez um estudo matemático. Analisou os gols marcados e sofridos em cada uma das partidas, nos últimos quatro anos, das 207 seleções filiadas à FIFA. No total, foram cerca de um milhão de simulações. O resultado aponta a Seleção Brasileira com 21% de chances de ser a campeã. A Espanha tem 13% e a Alemanha, 115.

França, Espanha, Brasil. Os estudos indicam os três. O que dirá o gato Aquiles?

E você, arrisca um palpite?

Sergio du Bocage é carioca e jornalista esportivo desde 1982. Trabalhou no Jornal dos Sports, na TV Manchete e na Rádio Globo. É gerente de programas esportivos da TV Brasil e apresenta o programa “No Mundo da Bola”.