Leia também:
X #16 Marcas que vendem hoje podem não vender amanhã

Uma igreja pode ter as paredes pintadas de preto?

A prática tem gerado polêmica e tenho recebido indagações de irmãos queridos

Renato Vargens - 14/09/2020 12h34

Igreja em Nova Iorque Foto: Reprodução

Ultimamente muitas igrejas têm pintado as paredes de seus salões de reunião de preto, o que tem despertado uma grande polêmica em torno do fato. Eu, particularmente, tenho recebido indagações de irmãos queridos quanto a prática. Na verdade, não são poucos aqueles que questionam se é bíblico ou não, o fato de uma igreja ter as suas paredes pintadas de preto.

Ora, claro que as Escrituras não nos trazem regras ou modelos de cor de parede, mesmo porque, a forma ou a decoração de um salão de reunião, bem como seus móveis e utensílios, está relacionado ao tempo e a cultura. Há 60 anos atrás, por exemplo, seria impossível encontrarmos igrejas com cadeiras, visto que naquela época, todas as comunidades cristãs tinham em seus espaços de culto, bancos. Contudo, hoje, a maioria das igrejas não usam bancos e sim, cadeiras. A mesma coisa pode-se se dizer quanto as janelas, púlpitos e decoração, que eram bem diferentes do que vemos hoje.

Quanto as paredes pretas eu sigo o mesmo padrão, até porque, entendo que isso se relaciona a cultura e subcultura de uma cidade. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma grande parte das igrejas possui paredes pretas, incluindo as igrejas históricas e conservadoras. Elas entendem que assim dialogam melhor com a cidade.

A igreja que eu pastoreio em Niterói, no Rio de Janeiro, não possui paredes pretas. Mas, eu conheço igrejas sérias no Brasil, que usam em seus locais de reunião, o preto em suas paredes. São igrejas conservadoras na teologia e firmes na doutrina, e o preto não as desqualifica em nada. Na verdade, penso que isso não é um assunto fundamental e que não deveria gerar tanta polêmica.

Quer dizer, então, que já que a Bíblia não normatiza a cor de paredes eu posso pintar a igreja de qualquer cor?

Então, antes de mudar as cores da parede da sua igreja acho que vale responder as seguintes perguntas:

1. A proposta da mudança da cor da parede motiva-se no fato de que o culto que você pretende ter é um culto que coloca o homem no centro em detrimento a Cristo e seu evangelho?

2. A proposta da mudança de cor da parede se deve ao modismo gospel que nos últimos anos tem imprimido inclusive uma mudança na liturgia das reuniões?

3. A proposta da mudança de cor da parede é desejo de se tornar uma igreja fashion e politicamente correta?

4. A proposta da mudança de cor da parede além de dialogar com a cidade visa a glória de Deus?

Pois é, as respostas a essas perguntas poderão lhe dizer muita coisa quanto as suas motivações.

Pense nisso!

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 24 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes.
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.