Um tipo de mulher que ninguém gosta de conviver

Renato Vargens - 05/08/2019 10h42

Existem mulheres que são complicadas. Na verdade ouso afirmar que multiplica-se a olhos vistos o número de mulheres briguentas, rixosas e que adoram um conflito. Na verdade, não são poucas aquelas que em nome da liberdade desenvolvem um espírito beligerante. Nessa perspectiva competem com os maridos, afrontam os colegas de trabalho, brigam com quantos puder, “machificando” a vida e abandonando na lata do lixo todo tipo de doçura e feminilidade.

O livro de Provérbios é um livro de sabedoria e nele encontramos vários versículos advertindo sobre os perigos de uma mulher rixosa, senão vejamos:

“Melhor é morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e iracunda” Provérbios 21:19

“A goteira contínua num dia chuvoso e a mulher rixosa são semelhantes” Provérbios 27:15

“Melhor é morar num canto do eirado, do que com a mulher rixosa numa casa ampla” Provérbios 21:09

Charles Bridges, um pastor do final do século XIX, afirmou em seu comentário sobre Provérbios que “muitas são as misérias na vida de um homem; mas nenhuma se iguala àquela que vem de quem deveria ser o esteio da sua vida”. E continuou dizendo que “a esposa petulante é uma grande calamidade doméstica, e não há saída legal”. Um filho rebelde pode pelo menos ser posto para fora de casa, diz ele, mas uma má esposa simplesmente tem que ser suportada.

O livro de Provérbios confirma isso. Uma mulher briguenta, petulante, rixosa, indiscreta, ignorante é uma grande aflição para seu marido e sua família. Seria melhor dormir sobre o teto, ou no deserto, do que suportar a sua raiva e amargura. Salomão diz que seria melhor suportar o mau tempo do que lidar com ela. Afinal, neste caso, o tempo pode ser pior em casa do que fora. Um homem está melhor sozinho do que acompanhado de uma mulher como esta.

E você minha irmã? Será que se encaixa nesse perfil? Será que você é daquelas que dá um boi para não entrar numa briga e uma boiada para não sair dela? Por favor, pare, pense e responda sinceramente: De que maneira tem lidado com as pessoas que consigo convivem? E o seu lar? Tem sido você uma mulher sábia? Tem sido você uma mulher virtuosa?

Pois é, as Escrituras ensinam que “o valor de uma mulher virtuosa em muito excede o de rubis”. Provérbios 31:10.

Pense nisso!

Renato Vargens é pastor, conferencista, tendo já pregado o Evangelho em países da América do Sul, Norte, Caribe, África e Europa. É escritor, com 24 livros publicados em língua portuguesa e 1 em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes, editor do site renatovargens, pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói e membro do conselho da Coalizão pelo Evangelho (TGC).

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo