Leia também:
X A urna eletrônica e o voto impresso em papel

Por que tantos pastores estão morrendo de Covid-19?

As Escrituras nos trazem alguns princípios que precisam observados

Renato Vargens - 19/05/2021 12h48

O Senhor continua no controle de todas as coisas Foto: Freepik

Por que tantos pastores estão morrendo de Covid-19? Não seriam eles instrumentos de Deus para consolar os que sofrem? Não deveria o Senhor proteger os seus servos?

Foi exatamente isso que uma irmã querida me perguntou. Ela na verdade não conseguia entender por qual motivo o Senhor tem levado tantos pastores para o céu.

Pois é! Na verdade, eu não sei por que Deus tem promovido pastores à eternidade. Contudo, as Escrituras nos trazem alguns princípios que precisam ser observados. Então, vejamos alguns.

1. As tempestades caem tanto sobre aqueles que edificam sua casa na rocha como sobre os que a edificam na areia, o que significa dizer que lutas e luto se mostram presentes entre incrédulos e crentes e que todos os homens estão sujeitos a experimentar doenças e enfermidades letais.

2. Existe um tempo estabelecido por Deus para que cada um dos seres humanos viva e morra. O salmista afirmou: “Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir” (Salmos 139:16). Além disso, as Escrituras também afirmam que o Senhor Jesus, no sermão da montanha, disse aos seus discípulos: “Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” (Mateus 6:27).

No primeiro livro do profeta Samuel, aprendemos que o Senhor é “O Senhor mata e preserva a vida; ele faz descer à sepultura e dela resgata” (1 Samuel 2:6).

Na verdade, o que esses textos nos mostram é que o eterno Deus tem em suas mãos o controle de tudo, inclusive de nossa vida. Ele possui o direito sobre a vida e a morte de todos os homens e, como é dito em Eclesiastes, “há tempo de nascer (viver) e tempo de morrer” (Eclesiastes 3:2).

3. Apesar de não parecer, o Senhor continua no controle de todas as coisas (Romanos 8:28) e nada foge à sua vontade, que é “boa, perfeita e agradável” (Romanos 12:02).

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 32 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É membro dos conselhos do TGC Brasil e IBDR.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 O que está faltando para o anticristo se manifestar?
2 A brevidade da vida, uma verdade que a pandemia insiste em nos lembrar
3 5 coisas que sua igreja pode fazer em sua cidade em tempo de Covid-19
4 Por acaso o coronavírus marca o início da Grande Tribulação?

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.