Os evangélicos e a síndrome de Dick Vigarista

Algumas pessoas não desejam vencer na vida de forma honesta

Renato Vargens - 06/11/2019 10h57

Quando criança eu gostava de assistir o desenho A Corrida Maluca, produzido por Hanna Barbera. Nele, o personagem Dick Vigarista juntamente com o seu companheiro de mutretas Muttley, tentavam a todo o custo vencer as corridas, sem contudo, alcançarem êxito. Em cada episódio, Dick Vigarista tentava passar a perna em alguém, elaborando estratégias desonestas ou criando atalhos espúrios aonde através de uma conduta ilícita visava-se à vitória.

A simples lembrança deste desenho animado me faz pensar na existência de algumas pessoas que não desejam vencer na vida de forma honesta. Infelizmente, parte da sociedade brasileira, se caracteriza por um estilo de vida absolutamente censurável, onde o que importa, é chegar em primeiro na corrida da vida. O comportamento em questão encontra-se presente em todas as esferas da sociedade, cujos protagonistas possuem por lema e filosofia a “espetacular” ideia de que o “esperto” sempre leva vantagem sobre o “otário”.

Pois é, as vezes tenho a nítida impressão que somos um país de otários, onde a corrupção além de endêmica, tornou-se genérica. Para piorar a coisa, os evangélicos que deveriam lutar em favor da ética e da moral, definitivamente romperam com a decência e os bons costumes. Um exemplo claro disto é a quantidade impressionante de “irmãos” que vendem, compram e comercializam produtos piratas. Nas grandes cidades é absolutamente perceptível encontrarmos nossos “irmãozinhos” ganhando a vida vendendo nas esquinas produtos falsificados, até porque, para estes, os fins sempre justificam os meios.

A sociedade brasileira está cansada de tanta pilantragem, de tantos “Dicks Vigaristas” , de tantos sem-vergonhas, de tantas desculpas esfarrapadas, de tanta podridão.

Caro leitor, infelizmente no mundo real, ao contrário do que acontecia na “corrida maluca”, Dick Vigarista, tem vencido muitas corridas, ensinando a esta geração que “custe o que custar” o que importa é ganhar.

Pense nisso!

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 24 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo