Leia também:
X O Brasil tem uma legislação que protege bandidos e os vê como vítimas

O episódio de Ouro Preto é uma lição que precisamos aprender

O episódio aconteceu no Morro da Forca, que fica no centro histórico da cidade

Renato Vargens - 13/01/2022 16h43

O episódio de Ouro Preto é uma lição que precisamos aprender Foto: ELISEU DAMASCENO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Na manhã desta quinta-feira (13), um deslizamento de terra destruiu um casarão do século 18 da Prefeitura de Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais, e um imóvel onde funcionava um depósito. O acidente ocorreu no Morro da Forca, localizado no centro histórico da cidade.

O episódio em si nos mostra, mais uma vez, que não sabemos de nada e que tampouco temos controle sobre o que acontecerá em nossa vida daqui a 20 minutos. E, apesar de a prefeitura ter monitorado a região, o acidente sempre assusta e surpreende. Mas, graças a Deus, não houve vítimas!

O episódio também nos ensina que hoje estamos bem, mas o que nos garante que amanhã ainda estaremos?

Agora, prestai atenção, vós que aclamais: “Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, lá nos estabeleceremos por um ano, negociaremos e obteremos grande lucro. Contudo, vós não tendes o poder de saber o que acontecerá no dia de amanhã. Que é a vossa vida? Sois, simplesmente, como a neblina que aparece por algum tempo e logo se dissipa. (Tiago 4:13-14 KJA)

Que estejamos firmes em Cristo e que Deus nos guarde de todo mal!

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 32 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É membro dos conselhos do TGC Brasil e IBDR.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Vídeo: Deslizamento destrói casarão histórico em Ouro Preto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.