Leia também:
X Vivemos um tempo de imposição de ideias

Não acredito que Jair Bolsonaro seja o anticristo

Emmanuel Macron e Vladimir Putin também já foram chamados de anticristo

Renato Vargens - 28/07/2020 13h32

Bolsonaro na LVI Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados Foto: Marcos Corrêa/PR

Tenho visto algumas pessoas afirmando que o anticristo já está entre nós. Alguns por exemplo, afirmam que o homem do iniquidade é o presidente francês Emmanuel Macron, outros que é o presidente russo Vladimir Putin, e ainda aqueles que afirmam categoricamente que o iníquo é o presidente brasileiro Jair Bolsonaro.

Bom, antes de tratarmos especificamente da afirmação sobre o presidente brasileiro, vamos ver aquilo que as Escrituras tem a dizer sobre o anticristo:

“Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; e então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; a esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem.” (2 Tessalonicenses 2:1-10).

Ao tratar do anticristo, nosso Senhor o chamou de “o abominável da desolação” (Mateus 24:15). João o chamou de “o anticristo” (1 João 2:18) e também “a besta que emerge do mar” (Apocalipse 13:1). Segundo as Escrituras, o anticristo mediante a autoridade de Satanás (Apocalipse 13:2) será adorado (Apocalipse 13:4) e perseguirá os eleitos de Deus. Contudo, apesar disso, o anticristo, não será invencível e muito menos imbatível, visto que será vencido por Jesus em sua segunda vinda (2 Tessalonicenses 2:8).

Presidente da França, Emmanuel Macron, também já foi chamado de anticristo Foto: EFE/Ludovic Marin

Caro leitor, basta olharmos para a Bíblia observando aquilo que ela diz sobre o anticristo que chegamos a conclusão que Macron, Putin, Bolsonaro ou outro político qualquer não são essa pessoa.

Ainda que saibamos as dores de parto estejam se acentuando (Mateus 24:15-21) e que nós estejamos claramente nos aproximando do fim, atribuir o poder do anticristo ao presidente brasileiro é desconhecer a Bíblia, bem como também o tempo que vivemos.

Não tenho dúvidas que o anticristo há de se manifestar e pelo que entendo das Escrituras é possível que não demore muito. Contudo, não acredito e nem tampouco vejo subsídios para afirmar que Bolsonaro seja essa pessoa.

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 24 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É também colunista e articulista de revistas, jornais e diversos sites protestantes.
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.